Páginas

domingo, 27 de setembro de 2020

RN ZERA CASOS DA COVID-19 NO SISTEMA PRISIONAL

 

                                                                                         ASCOM/SEAP


O secretário da Administração Penitenciária, Pedro Florêncio Filho, fez uma avaliação sobre a pandemia no sistema prisional. Ele explica que as 17 unidades prisionais do RN foram isoladas em 13 de março, atendendo a recomendação do Comitê de Crise da pasta. Com o isolamento, foram adotados protocolos e medidas sanitárias para a prevenção e o combate a doença. “O primeiro registro de infeção entre os servidores aconteceu em 3 de abril e entre as pessoas privadas de liberdade ocorreu em 19 de maio. Já o gráfico com a curva da pandemia começou a cair em meados de agosto”, informou. 
A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) confirmou na manhã deste sábado, dia 26, que não tem casos confirmados da Covid-19 na população carcerária do Rio Grande do Norte. Com 10.447 presos, o estado é um dos primeiros do Brasil sem registros de infeção em internos e policiais penais e o único do Nordeste sem óbitos em razão da pandemia do novo Coronavírus. 

Segundo Pedro Florêncio, o Comitê de Crise acompanha os casos no sistema e tem uma estatística diária do número de infectados, subsidiando as decisões da pasta. Os dados indicam que 529 internos testaram positivo para a Covid-19, cerca de 5% do total da população carcerária, e todos foram curados. Entre os policiais penais, foram computados 186 casos. Não existe registro de servidor infectado há mais de 20 dias. O secretário ressalta que o efetivo foi testado quase que por completo e que, no Nordeste, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o RN teve um dos mais baixos índices de infeção entre os policias penais. “O esforço dos servidores nas unidades foi decisivo para o enfrentamento da infecção. Passados seis meses de pandemia e com os números favoráveis, retomamos as visitas presenciais com todo cuidado e precaução. Não podemos relaxar e vamos permanecer atentos aos protocolos”, disse. 


NEGROS TIVERAM MENOS DE 30% DAS VAGAS E VERBAS NA ÚLTIMA DISPUTA ÀS PREFEITURAS

 


A confirmação da obrigatoriedade de distribuição equânime de verbas e espaço de propaganda a candidatos negros e brancos pode representar uma importante mudança na estrutura das campanhas no Brasil.

Dados das últimas eleições municipais compilados pelo DeltaFolha mostram que, apesar de serem maioria na população (56%), pretos e pardos foram relegados a segundo plano da distribuição das vagas e das verbas de campanha em 2016, salvo algumas exceções.

Isso se traduziu, abertas as urnas, em um desempenho pior do que o de brancos, proporcionalmente.

UMA VERGONHA: MINISTRO DO TCU DIZ QUE ACÚMULO DE 600 MIL PERÍCIAS NO INSS IGNORA DOR DOS MAIS POBRES

 

Ao determinar que o INSS e o Ministério da Economia elaborem um protocolo para a imediata realização de perícias médicas com uso da telemedicina, o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, expôs a gravidade ímpar do represamento de cerca de 600 mil requerimentos de perícias médicas. Na decisão de ontem (25), o ministro criticou a incapacidade gerencial do poder público, a falta de sensibilidade humana com a dor e o sofrimento dos mais pobres, neste momento crítico de perdas financeiras com a pandemia de covid-19.

“A paralisação e o represamento das perícias médicas são de uma gravidade ímpar neste momento, pois denotam, além de incapacidade gerencial, falta de sensibilidade humana com a dor e o sofrimento das pessoas menos favorecidas”, disse o ministro do TCU, em sua decisão.

Enquanto médicos e profissionais da saúde travam uma luta heroica contra a pandemia nos hospitais, tratando de pacientes contaminados pelo novo coronavírus, Dantas condenou o viés corporativo dos médicos peritos do INSS, bem como a postura do governo de Jair Bolsonaro de se curvar à sistemática e incoerente objeção de entidades classistas médicas contrárias aos atendimentos médicos remotos.

“A questão ora discutida tem viés aparentemente corporativo por parte das associações de classe, que apresentam sistemática objeção e nítida incoerência quando da censura do uso da telemedicina para perícias médicas, muitas das vezes simples e objetivas de serem feitas, e não para consultas nas quais se prescrevem, até mesmo, medicamentos controlados”, expôs Bruno Dantas.

O ministro também critica a postura do governo Bolsonaro: “Tudo indica que o Governo Federal está se curvando aos lobbies corporativos em prejuízo da população brasileira. Seria desejável que o Governo Federal viesse a ficar do lado dos que mais necessitam, ainda mais em momento tão penoso para os mais vulneráveis”.

Corporativismo governando


Bruno Dantas também considera inconcebível que as entidades classistas como associações médicas e o Conselho Federal de Medicina (CFM) ditem o funcionamento do órgão público, emitir orientações e posicionamentos regulamentando atividades e procedimentos administrativos.

“É inconcebível supor que um Conselho Corporativo possa ditar o funcionamento de um órgão público ao sabor dos seus interesses e em detrimento das necessidades da população”, disse o ministro que relata o caso no TCU.

Consequências sociais


Bruno Dantas relata em sua decisão que milhares de cidadãos estão tolhidos de buscarem, via administrativa, e, por conseguinte, de receberem seus benefícios e direitos em momento dramático de suas vidas, em razões dos devastadores efeitos financeiros decorrentes da pandemia da covid-19, mesmo reconhecendo os esforços do Governo Federal com a concessão do auxílio emergencial e do benefício emergencial a parcelas significativas da população mais vulnerável.

O ministro do TCU ainda prevê consequências para o Judiciário, com a crise vivida no INSS e a eventual judicialização dos pelo menos 600 mil requerimentos administrativos de perícias feitos e ainda não atendidos.

DIÁRIO DO PODER

sábado, 26 de setembro de 2020

EM ENTREVISTA, MICARLA DE SOUZA DIZ TER SIDO 'ESCANTEADA' POR NÃO NEGOCIAR COM 'CANALHAS' ENQUANTO ERA PREFEITA DE NATAL

 

Foto: reprodução/Youtube

Em entrevista concedida ao advogado Marcelo Freitas Nobre na última segunda-feira (21), a ex-prefeita de Natal Micarla de Sousa revelou ter sido ‘escanteada’ por não negocias com ‘canalhas’. A entrevista foi veiculada no canal All TV, no YouTube.

Micarla contou que a pior coisa durante sua gestão na Prefeitura de Natal foi lidar com o lado obscuro da política. “Detestava escutar certas negociações, de saber que pessoas pagam qualquer preço por algo. Quando não fiz o que queriam, escutei que não sabia negociar. Realmente, não sei negociar com canalhas. Foram muitas lágrimas. Esse sofrimento que passei me fez uma pessoa melhor”, afirmou, mas sem citar nomes.

COVID: FORAM 869 ÓBITOS E 28 MIL CASOS NAS ÚLTIMAS 24 HORAS NO BRASIL; TOTAL DE 141 MIL MORTES E 4,7 MILHÕES DE INFECTADOS

 

Foto: Marcos Serra Lima/G1


O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil neste sábado (26):

– Registro de 869 óbitos nas últimas 24h, totalizando 141.406 mortes;

– Foram 28.378 novos casos de coronavírus registrados, no total 4.717.991 pessoas já foram infectadas.

– O número total de recuperados do coronavírus é 4.050.837, com o registro de mais 9.888 pacientes curados. Outros 525.748 pacientes estão em acompanhamento.

"GOLPE DO NUDES" CAUSA PREJUÍZO DE R$ 90 MIL EM PELO MENOS 40 VÍTIMAS NO RN E EM MAIS SETE ESTADOS

 

Foto: ilustrativa/reprodução


A Polícia Civil desarticulou um complexo esquema de extorsão com vítimas de todo o país, envolvendo o chamado “golpe dos nudes”, que operava a partir da Região Metropolitana de Porto Alegre. O prejuízo para as vítimas, em geral homens casados, foi estimado em pelo menos R$ 90 mil somente nos casos já esclarecidos. Houve a identificação até o momento de cerca de 40 homens que foram vítimas em vários estados no período de um ano.

Vítimas no RN e mais seis estados, além do DF

Um levantamento dos agentes apontou a existência de vítimas no Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás, Rio Grande do Norte e Distrito Federal. “A maioria das vítimas são homens casados, com mais de 40 anos de idade e de diversos estados”, enfatizou a delegada Luciane Bertoletti. Já o diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), delegado Mario Souza, orientou “que as vítimas, ao se depararem com esse tipo de situação, devem procurar imediatamente a polícia”. O trabalho investigativo terá prosseguimento.

Golpista era apenado do semiaberto e usava tornozeleira eletrônica

Em uma operação realizada entre a noite de sexta-feira e madrugada de sábado, a equipe da delegada Luciane Bertoletti prendeu um apenado que cumpria pena no regime semiaberto mediante o uso de tornozeleira eletrônica. O detento foi preso preventivamente durante o cumprimento de ordem judicial na residência dele, situada no bairro Primor, em Sapucaia do Sul. Sete celulares e um cartão bancário foram apreendidos na ação. Os telefones serão agora analisados.


EM SANTO ANTÔNIO, JUSTIÇA ELEITORAL CONTABILIZOU 3 SOLICITAÇÕES DE REGISTROS DE CANDIDATURAS PARA PREFEITO E 56 PARA VEREADOR

 


De acordo com a Justiça Eleitoral, o município de Santo Antônio contabiliza solicitações de três candidaturas a prefeito e 56 para vereador. Os homens são maioria, pois somam 35 solicitações de candidatura, contra 21 das mulheres. Para as eleições de 2020, dos atuais onze parlamentares do Poder Legislativo, apenas 07 irão concorrer a reeleição para vereador.

Com 17 nomes, o  PSC é partido que mais solicitou, seguido do MDB com 16, o PT contabiliza 10, o Republicano 06, o PROS 05 e a REDE 02.

Entre os candidatos que irão disputar a prefeitura de Santo Antônio está o atual prefeito e candidato a reeleição, Josimar Ferreira (PSC), que tem Ricardo Bolinha como vice; Raulison Ribeiro (MDB) e o vereador Dário seu vice; e Elias Alves e Paulinho do Bolo contabilizando a terceira chapa.



TERRA VOLTA A TREMER NO MUNICÍPIO DE PEDRA PRETA, NA MADRUGADA DESTE SÁBADO (26)

 

Foto: LabSis/UFRN

O Laboratório Sismológico da UFRN (LabSis/UFRN) registrou na madrugada deste sábado mais dois tremores de terra no município de Pedra Preta.

O primeiro de magnitude 1.8 ocorreu por volta das 2h da madrugada. Um segundo, aproximadamente uma hora depois , de magnitude 2.1.

É a quarta vez em cerca de 40 dias que o LabSis/UFRN registra tremores na cidade de Pedra Preta.

17 de agosto: magnitude 1.8;
29 de agosto: magnitude 2.2;
11 de setembro: magnitude 2.2.

CANDIDATO A PREFEITO DE ANTÔNIO MARTINS É ENCONTRADO NO CEARÁ

 

Foto: Arquivo pessoal

O advogado e candidato a prefeito da cidade de Antônio Martins, na região Oeste do Rio Grande do Norte, João Venâncio (PT), de 73 anos, foi encontrado na noite de sexta-feira (25), em Pereiro, no estado do Ceará. Ele estava desaparecido desde a tarde da última quarta-feira (23), quando saiu de casa para fazer o registro da candidatura em Pau dos Ferros e não retornou.

O carro dele havia sido encontrado às margens da BR-226, que dá acesso a Pau dos Ferros, na tarde de quinta-feira (24).

A familiares, João Venâncio relatou que foi parado na estrada por homens que estavam em um carro branco. Um deles estava armado. Foi levado para uma casa, onde foi mantido em cativeiro, encapuzado durante a maior parte do tempo. Não houve pedido de resgate. Ele afirmou que os criminosos falavam que iriam liberá-lo no sábado ou domingo, mas que decidiram antecipar na sexta-feira. João Venâncio foi solto em uma estrada na Serra do Ererê, também no Ceará, e conseguiu uma carona para Pereiro, onde procurou a delegacia. Pereiro fica a 44 km de Antônio Martins e 40 km de Pau dos Ferros.

RN CONTABILIZA 68.500 CASOS DE CORONAVÍRUS E REGISTRA 2.372 MORTES

 

Imagem: reprodução

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus neste sábado (26). Os casos confirmados somam 68.500.

A Sesap também atualizou o número de curados no Estado: são 40.400.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 2.372 no total, sendo 02 ocorridos de fato nas últimas 24 horas e outras duas que aconteceram em dias anteriores confirmadas através de exames. Em investigação estão 312 mortes.

Casos suspeitos somam 35.509 e descartados 138.718.