Páginas

quinta-feira, 19 de maio de 2016

DESEMPREGO AUMENTOU EM TODAS AS REGIÕES DO PAÍS E CHEGA A 10,9% NO TRIMESTRE, DIZ IBGE


A taxa de desemprego  subiu em todas as grandes regiões no 1º trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2015. O índice chegou a 10,9% e é o maior desde o início da pesquisa em 2011 feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). São quase 11,5 milhões de pessoas sem trabalho.

No Nordeste (de 9,6% para 12,8%), Sudeste (de 8,0% para 11,4%), Norte (de 8,7% para 10,5%), Centro-Oeste (de 7,3% para 9,7%) e Sul (de 5,1% para 7,3%). No quarto trimestre de 2015, as taxas haviam sido de 10,5% no Nordeste, 9,6% no Sudeste, 8,6% no Norte, 7,4% no Centro-Oeste e 5,7% no Sul.

Entre as unidades da federação, as maiores taxas de desocupação no 1º trimestre de 2016 foram observadas na Bahia (15,5%), Rio Grande do Norte (14,3%) e Amapá (14,3%), enquanto as menores taxas estavam em Santa Catarina (6,0%), Rio Grande do Sul (7,5%) e Rondônia (7,5%).

Os dados foram divulgados hoje com o resultado da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua). No trimestre móvel, terminado em fevereiro, o levantamento apontou 11,1 milhões de desempregado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário