Páginas

quarta-feira, 6 de junho de 2018

CÂMARA FEDERAL APROVA LICENÇA-PATERNIDADE PARA AVÔ OU AVÓ DE BEBÊ QUE NÃO TIVER REGISTRO DE PAI

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (5) o Projeto de Lei 5996/16, do deputado Lucas Vergilio (SD-GO), que permite à avó ou ao avô maternos usufruir de licença de cinco dias para ajudar a parturiente. A matéria será enviada ao Senado.

Segundo o substitutivo aprovado, da deputada Professora Dorinha Seabra Rezende (DEM-TO), a licença substitui a licença-paternidade e somente poderá ser concedida quando o nome do pai não tiver sido declarado.



Contará com o período de afastamento, contado a partir do dia seguinte ao do parto, aquele que for declarado acompanhante da parturiente, seja o avô ou a avó.

Nenhum comentário:

Postar um comentário