Páginas

sábado, 16 de junho de 2018

CONFRONTO ENTRE FACÇÕES DEIXA DOIS MORTOS EM NATAL

Uma troca de tiros entre facções criminosa, na madrugada deste sábado (16), deixou dois mortos na comunidade Beira-Rio, conhecida como favela do Mosquito, em Natal. As vítimas são um homem e uma mulher, que não tiveram identidade revelada pela Polícia Militar.

De acordo com o serviço de comunicação da PM, os primeiros disparos na região foram registrados por volta da meia-noite. A principal suspeita da polícia é que houve uma tentativa de invasão da comunidade Beira-Rio por uma facção rival ao grupo que detém o controle do tráfico de drogas do local.



Houve um intenso tiroteio, que pôde ser ouvido inclusive por motoristas que passavam pela Ponte de Igapó, que liga a Zona Norte às demais regiões da cidade. Uma equipe da Força Nacional passava pelo local quando começaram os disparos. Os militares, com reforço do 4° Batalhão da PM e do Batalhão de Choque, entraram na comunidade Beira-Rio para cessar o confronto.

Segundo a versão da Polícia Militar, quatro homens armados com fuzis foram avistados correndo pelos trilhos da linha férrea, que corta a comunidade. Logo em seguida, os policiais avistaram um corpo de um homem com marcas de tiros na boca. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou a ser acionado, mas a vítima não resistiu aos ferimentos.

Em seguida, por volta das 2h da manhã, uma mulher foi encontrada sem vida também na comunidade Beira-Rio. A polícia informou que moradores a viram andando cambaleando e depois caída dentro de um imóvel. Ela tinha marcas de tiros na região abdominal. O SAMU foi novamente acionado, mas outra vez não conseguiu chegar a tempo de efetuar socorro.

A Polícia Militar e a Força Nacional fizeram buscas na região, mas ninguém foi preso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário