Páginas

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

IDEB: RN NÃO ATINGE MÉDIA NO ENSINO MÉDIO E DO FUNDAMENTAL NOS ANOS FINAIS

O Ministério da Educação (MEC) divulgou na manhã desta segunda-feira, 3, dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2017. Dois índices no Rio Grande do Norte se mativeram o mesmo e um registrou leve subida em comparação a 2015.

De acordo com o levantamento, o IDEB potiguar do Ensino Médio se manteve estável. Em 2015 o índice era 3,2 e repetiu no ano passado. A meta era de 4,3. A nota dos anos finais do Ensino Fundamental também não registrou variação entre 2015 e 2017. Nos dois levantamentos, o índice foi de 3,8. Ele ficou pouco abaixo da meta estabelecida, que era de 4,3.

O índice do Ensino Fundamental nos anos iniciais no estado ficou acima da média estipulada e teve um ligeiro crescimento. Em 2017, o Ideb na categoria ficou em 5,0 contra 4,8 de 2015. A meta é de 4,4.


Nenhum estado atingiu a meta que tinha para 2017 no ensino médio e cinco ainda registraram queda na nota. A situação, porém, também é grave nos anos finais do ensino fundamental (5º ao 9º ano), em que o Brasil teve aumento do Ideb, de 4,5 para 4,7, mas sem atingir a meta de 5. No recorte estadual, 20 unidades da Federação estão na mesma situação, abaixo do patamar projetado, e Minas Gerais registrou queda no indicador.

O índice é calculado a cada dois anos para o 5º e o 9º anos do ensino fundamental e o 3º ano do ensino médio. Para compor o índice, O MEC leva em consideração as notas dos estudantes na prova do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e os índices de fluxo, compilados pelo Censo Escolar.

O Ideb é um indicador de qualidade dos ensinos fundamental e médio, que agrega conhecimentos demonstrados pelos estudantes em português e matemática no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e as taxas de aprovação ao longo do período escolar. Pela primeira vez, a avaliação do ensino médio público foi censitário, e não por amostra. A rede privada participou por adesão.

Em 2017, 41.515 escolas nos anos iniciais do ensino fundamental, 25.530 nos anos finais e 9.597 do ensino médio tiveram o Ideb calculado. Outras 5.241 dos anos iniciais, 10.147 dos anos finais e 10.028 de ensino médio não tiveram o indicador medido. Elas ficaram de fora porque não registraram o mínimo de 80% dos matriculados na prova do Saeb. Os dados dos estabelecimentos, segundo o Inep, referem-se à rede pública, com exceção do ensino médio, em que entram colégios privados na conta.

ENSINO MÉDIO
2015 – 3,2
2017 – 3,2
Meta – 4,3
ENSINO FUNDAMENTAL (Anos iniciais)
2015 – 4,8
2017 – 5,0
Meta – 4,4
ENSINO FUNDAMENTAL (Anos finais)
2015 – 3,8
2017 – 3,8
Meta – 4,3

Nenhum comentário:

Postar um comentário