Páginas

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

A PARTIR DE AMANHÃ ELEITORES SÓ PODEM SER PRESOS EM CASOS ESPECIAIS


A partir de amanhã (2), a cinco dias das eleições, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido exceto em casos de flagrante delito ou de sentença criminal condenatória por crime inafiançável por desrespeito a salvo-conduto. A orientação está na legislação e prevista no calendário eleitoral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário