Páginas

terça-feira, 23 de outubro de 2018

RN TEM SETE MUNICÍPIOS EM COLAPSO E 90 EM RODÍZIO DE ABASTECIMENTO, DIZ CAERN

Barragem Armando Ribeiro Gonçalves — Foto: Anderson Barbosa/G1 
As chuvas do inverno deste ano foram insuficientes para encher os reservatórios e provocam, neste período do ano, dificuldade de abastecimento em alguns municípios atendidos pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), informou a empresa. As regiões mais afetadas pela crise hídrica são Oeste, Alto Oeste e Seridó. O estado tem sete cidades em colapso e 90 municípios em rodízio de abastecimento, conforme atualização desta terça-feira (23). 


Na região Oeste, as cidades atendidas pela adutora Médio Oeste, como Triunfo Potiguar, Campo Grande, Janduís, Messias Targino, Patu e Paraú, estão sendo atendidas pelo sistema de rodízio após a recuperação da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, que saiu do volume morto no inverno deste ano. 




Atualmente, a Armando Ribeiro está com 24,32% de sua capacidade total, de acordo com Instituto de Gestão de Águas do Rio Grande do Norte (Igarn). Entretanto, a equipe da Caern já fez uma mudança no local de captação de água porque o volume reduziu. Em setembro de 2018, as bombas tiveram que entrar mais de 80 metros dentro da barragem para conseguir atender estas cidades. 


Com a redução gradual da água da barragem, a captação de água também vai reduzindo, o que dificulta, por exemplo, o abastecimento da cidade de Patu, que é a cidade mais distante da captação localizada na Armando Ribeiro no município de Jucurutu. 






Nenhum comentário:

Postar um comentário