Páginas

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

ENGENHEIROS QUE ATESTARAM SEGURANÇA DA BARRAGEM DA VALE EM BRUMADINHO SÃO PRESOS

Cinco pessoas foram presas nesta terça-feira por ligação com a tragédia de Brumadinho (MG). Em São Paulo, a polícia deteve dois engenheiros de uma empresa terceirizada que atestou a segurança da barragem 1 da Mina do Feijão . Em Minas Gerais, a operação atingiu três funcionários da Vale responsáveis pela obra e pelo licenciamento ambiental. 

Todos os mandados de prisão valem por 30 dias e foram expedidos pela comarca de Brumadinho da Justiça Estadual de Minas Gerais, a pedido do Ministério Público. Além das prisões, a Polícia Federal (PF) de São Paulo cumpriu mandados de busca e apreensão em uma empresa que prestou serviços de projetos e consultoria para a Vale, a alemã TÜV-Sud

Os documentos recolhidos pela polícia e os engenheiros presos em São Paulo devem ser enviados para Minas Gerais ainda nesta terça-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário