Páginas

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

GOVERNO COBRA R$ 664 MILHÕES DOS 120 MAIORES DEVEDORES DO RN; LISTA FOI ENVIADA A JUSTIÇA

Os 120 maiores contribuintes inscritos na Dívida Ativa do Rio Grande do Norte somam R$ 664 milhões em impostos e outros débitos que não foram pagos ao Estado. A lista com os nomes das empresas e os processos que já estão na Justiça foi repassada pela Procuradoria Geral do Estado (PGE) ao Tribunal de Justiça. Ao todo, há cerca de R$ 4 bilhões inscritos na Dívida Ativa. 


Em uma das frentes do governo para buscar recursos, colocar salários em dia e pagar fornecedores, o Poder Executivo pediu celeridade nos processos de execução fiscal e tributária. "São valores altos que, entrando na conta do Estado, serão usados para pagamento de salário de servidores", considerou o procurador-geral adjunto, José Duarte Santana. 


Após pedido do governo, a presidência do Tribunal de Justiça encaminhou a listagem dos processos prioritários para juízes de todo o Estado. De acordo com a Justiça Estadual, os processos correm em 17 comarcas potiguares, sendo a da capital e outras 16 no interior. 



Empresas de diversos setores da economia como agroindústria, têxtil, alimentos, transportes, pesca, salineira, comércio e exportação figuram entre as que têm débitos a saldar. A maior dívida na lista soma quase R$ 38 milhões. 


Os processos de execução fiscal tramitam em Natal, Areia Branca, Assu, Caicó, Ceará-Mirim, Cruzeta, Jardim de Piranhas, Macaíba, Macau, Mossoró, Parelhas, Parnamirim, Santa Cruz, Santo Antônio, São Gonçalo do Amarante, São Paulo do Potengi e Touros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário