Páginas

sexta-feira, 1 de março de 2019

RIO GRANDE DO NORTE FECHA JANEIRO COM 1.359 VAGAS DE EMPREGOS FORMAL

O Rio Grande do Norte fechou o mês de janeiro com 1.359 postos de trabalho com carteira assinada, de acordo com levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério da Economia, na última quinta-feira, 27.
Segundo o Caged, houve um aumento de 112% nas demissões no primeiro mês de 2019 se comparado ao mesmo período no ano passado. Em 2018, houve um saldo negativo de 639 vagas, enquanto que neste ano foram 12.094 contratações e 13.453 demissões, uma diferença de 1.359 postos.
Os setores que mais demitiram foram Agropecuária, que fechou o mês com 1.098 postos de trabalho, e o de Comércio, com saldo negativo de 1.017. Na contramão, o setor de Serviços terminou o mês com saldo positivo, abrindo 1.059 vagas. Este foi o único setor a fechar janeiro com novos postos.


Cidades
Na classificação por cidades, Natal conseguiu terminar janeiro com um saldo positivo de 39 empregos. Foram 6.295 demissões e 6.334 contrataçãoes. A capital ficou atrás de Parnamirim, que obteve o maior saldo positivo de empregos do Estado: 86. Em contrapartida, as cidades com os maiores saldos negativos pertencem ao Oeste do Rio Grande do Norte. Mossoró fechou com 376 vagas, enquanto que Apodi terminou janeiro com 385 vagas negativas.
Confira abaixo os saldos de cada setor no RN:
Extrativa mineral: -97
Indústria de transformação: -141
Serviços industriais de utilidade pública: -4
Construção civil: -55
Comércio: -1.017
Serviços: 1.059
Administração pública: -6
Agropecuária: -1.098.

Nenhum comentário:

Postar um comentário