Páginas

segunda-feira, 22 de abril de 2019

METRÓPOLE DIGITAL DA UFRN AMPLIA PLATAFORMA QUE OFERECE VAGAS DE EMPREGO, ESTÁGIOS E BOLSAS

A plataforma Jerimum Jobs, serviço oferecido pelo Instituto Metrópole Digital (IMD), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, acaba de lançar uma nova versão. Voltado para o anúncio de oportunidades de emprego, estágio e bolsas, a ferramenta expandiu seu raio de alcance e está recebendo inscrições de alunos de todos os cursos da UFRN, além de também estar disponível para outras instituições de ensino. A partir de agora, empresas fora do estado também podem abrir cadastro, desde que os empregos sejam oferecidos no RN. 

Com a ampliação, a plataforma passa a atender dezenas de milhares de pessoas, e não mais apenas os profissionais de cursos como Ciência da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia de Software e Bacharelado em Tecnologia da Informação – para os quais era dada mais ênfase. 



“Anteriormente, o Jerimum Jobs voltava-se aos estudantes da área de Tecnologia, em especial àqueles matriculados na UFRN. A administração do Parque, no entanto, percebeu a necessidade das empresas de TI em contratar estagiários ou profissionais que não tenham formação na área, mas que são necessários aos seus quadros funcionais. Além disso, a plataforma ainda passa a acolher o cadastro de alunos da Universidade Estadual do RN (UERN), da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) e das unidades do Instituto Federal do RN (IFRN), dentre outras instituições de ensino”, destacou a assessoria de comunicação do IMD. 

A expansão da plataforma também vai se dar para empresas de fora do RN. É que negócios de TI de outros estados do país vão poder anunciar suas vagas de estágio e emprego na ferramenta, desde que elas sejam para atuação no RN. “A ideia, com isso, é expandir as oportunidades, mas ao mesmo tempo manter e atrair os talentos profissionais para o Rio Grande do Norte”, explica o diretor do Parque Tecnológico, Anderson Paiva Cruz. 

O diretor ainda esclarece que o Jerimum Jobs também aceita o cadastro que empresas que não tenham sua atividade-fim voltada para a área de TI, contanto que seu objetivo seja o de disponibilizar vagas nesse campo. Com todas essas diretrizes em mente, a equipe do Parque Tecnológico vem dialogando com coordenadores de cursos da área de TI de outras universidades, com o objetivo de estimular que estudantes de foram da UFRN também adiram à plataforma. 

A nova versão da plataforma ainda apresenta funções voltadas para melhorar a interatividade tanto com as empresas como com os candidatos. Uma delas é voltada para os estudantes da UFRN, que poderão fazer seu cadastro por meio do sistema interno da universidade, o Sigaa, o que vai agilizar a inscrição no Jerimum Jobs. 

E, para o público em geral, a plataforma permite o recebimento de notificações sempre que uma vaga for lançada. Em contrapartida, as empresas inscritas serão notificadas cada vez que um candidato demonstrar interesse em suas vagas. 

“Antes, o candidato se cadastrava no Jerimum e não tinha informação nenhuma de quando surgia uma nova vaga em sua área. Ou seja, ele tinha de acessar a plataforma e pesquisar. O grande diferencial técnico foi justamente esse: a comunicação do sistema com os candidatos, bem como com as empresas. Nessa versão, candidatos e empresas sempre serão notificados quando novas oportunidades forem cadastradas”, esclarece o um dos administradores da plataforma, Danilo Câmara.

Ele conta ainda que, semanalmente, os candidatos cadastrados na plataforma receberão uma espécie de ‘agenda da semana’, com informações sobre as vagas abertas nos últimos dias, além de uma atualização daquelas que já estavam cadastradas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário