Páginas

terça-feira, 2 de abril de 2019

RELATÓRIO APONTA QUE SEGURO DPVAT PAGOU 7.126 INDENIZAÇÕES EM 2018 NO RIO GRANDE DO NORTE

Homem dirigia van voltando do velório do próprio pai quando morreu em um acidente no interior do RN no ano passado — Foto: Focoelho/cedida
Em 2018, foram pagas 7.126 indenizações para vítimas de acidentes de trânsito no Rio Grande do Norte. Em 2017, foram 9.293. O dado é do Relatório Anual da Seguradora Líder, administradora do Seguro DPVAT, que indica um retrato da violência no trânsito em todo o país. No Brasil, foram 328.142 indenizações pagas no ano passado. 

Se for levada em consideração a quantidade de benefícios creditados em relação ao total da frota, o estado potiguar é, proporcionalmente, o oitavo do país que mais pagou seguro em 2018. Os pagamentos são referentes aos três tipos de cobertura oferecidos pelo seguro: morte, invalidez permanente e despesas médicas. 

Invalidez permanente foi o motivo que mais gerou indenizações no RN. Foram 5.152. As ocorrências com motos continuam sendo as que mais geram indenizações, com 75% dos pagamentos no Brasil. 



De acordo com o relatório, três em cada quatro indenizações do Seguro DPVAT são pagas a acidentes com veículos sobre duas rodas. Apesar de representarem 27% da frota nacional, as motos são responsáveis pelo maior número de acidentes e de vítimas, acumulando 246.993. 

Frota do Rio Grande do Norte

O Relatório Anual também traz informações sobre as frotas de veículos de cada um dos estados brasileiros. No Rio Grande do Norte, houve aumento de 2017 para 2018 na quantidade de carros e motos circulando nas ruas. No primeiro ano exposto no levantamento, o total era de 1.217.523 e, no ano passado, passou para 1.280.901. O crescimento é de 63.378. 

Indenizações por Tipo no RN

Morte 707

Invalidez 5.152

Despesas com Saúde 1267

Nenhum comentário:

Postar um comentário