Páginas

sábado, 4 de maio de 2019

EM NOTA, MÉDICA DE PLANTÃO NA ÚLTIMA QUINTA-FEIRA FALA SOBRE O ATENDIMENTO DO HOSPITAL DE SANTO ANTÔNIO


Após um acontecido  em que um cidadão relatou nas redes sociais de que na última quinta-feira,02, não teria médico clínico para atender na emergência e urgência no Hospital Regional de Santo Antônio, a médica de Plantão Dra Socorro Serrano fez questão de neste sábado,04, emitir uma nota explicando todo o caso.


Antes da médica,  o diretor e médico  do Hospital Regional Dr Estácio relatou através de um vídeo todo o acontecimento. Estácio tem convicção de que está no caminho certo para fazer as transformações que Hospital necessita. Para assim, poder oferecer um ambiente hospitalar mais humanizado.



Confira a nota da médica de plantão: 

 A falta de clínico foi um fato, porém, casos isolados de falta no plantão ocorre independente  do vínculo , situação que pode ocorrer com qualquer um profissional. O colega teve problema e precisou faltar. Entrou em contato comigo para solicitar ajuda e que eu saiba falou com  Ceiça Miguel, já fui para o plantão preparada para não deixar descoberto. O atendimento ocorreu durante todo o dia sem intercorrências e não voltou ninguém, só quem não esperou,  como fiz a triagem observava que pessoas faziam a ficha de atendimento e saiam , teve paciente que foi chamado 15 minutos após fazer a ficha e já não estava mais, chamei várias vezes e não atendeu, a grandeeeeee maioria consultas eletivas casos próprios de PSF  ( aí sim podemos dizer que  é responsabilidade das prefeituras). 

Antes de ser especialista somos médicos , respeito a posição de quem não atende fora da sua especialidade, faço porque gosto, trabalhei o dia e até quase 3:00 da manhã com direito a meia hora de almoço e janta para não prejudicar o atendimento e não saírem falando, mas não teve jeito, aí já quase meia noite surge o comentário que estávamos no face. O pior que a paciente entrou na frente de todos que estavam aguardando e não era situação de urgência, no momento que chegou faltava 4 a 5 pacientes para serem atendidos, os demais estavam medicados e aguardando reavaliação , mas apesar do trabalho intenso, incluindo 07 salas de parto, tenho uma certeza que Deus está sempre comigo todas as horas, sai do plantão lamentando porque não tive tempo de  evoluir os pacientes da clínica médica e ao mesmo tempo agradecendo porque não teve intercorrências graves, não precisei regular nenhum paciente ( toma muito tempo), tive a ajuda espontânea de Ricardo ( depois de fazer as cirurgias e atender o ambulatório) . 

Certeza  que cumpri meu papel enquanto profissional.  Infelizmente a politicagem na cidade é tão forte que os adversários só querem um pezinho para  falar ( como sou forasteira posso falar) e indiretamente atinge todos nós. Pode ficar certo @DR ESTÁCIO, estamos aqui para ajudar, fatos como este não devemos deixar nos abalar.

Dra. Socorro Serrano,  médica do plantão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário