Páginas

sábado, 4 de maio de 2019

MAIS DE 4 MIL NEGÓCIOS FORAM ABERTOS NO RN NO PRIMEIRO TRIMESTRE

O número de Microempreendedores Individuais (MEI) registrados formalmente no Rio Grande do Norte chegou a 105,7 mil em março, de acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Deste total, 4,5 mil foram formalizados apenas no primeiro trimestre deste ano.
A quantidade de empresas enquadradas nessa categoria jurídica já representa pouco mais de 66% do total de empresas optantes pelo Simples Nacional no RN, cujo repasse de tributos para o estado e municípios potiguares somou R$ 221 milhões em 2018, mostrando a importância do segmento das micro e pequenas empresas para a economia potiguar.
Mensalmente, as formalizações do MEI ultrapassaram a faixa dos mil negócios. Em janeiro, foram registradas 1.624 formalizações e, no mês seguinte, outras 1.404. Em março, os registros subiram para 1.491, encerrando o trimestre com 4.519 empresas abertas e classificadas como MEI em todo o Rio Grande do Norte, o maior número de formalizações para o primeiro trimestre dos últimos cinco anos.

O programa do MEI completa em 2019 dez anos de lançamento e engloba negócios de pequeno de porte e, principalmente, trouxe para a formalidade trabalhadores autônomos, como vendedores, doceiros, manicures, cabeleireiros e eletricistas. Esse grupo passou a ter cobertura previdenciária e seguridade social a baixo custo, já que o valor do boleto mensal do MEI não ultrapassa os R$ 56,00.
Nessa edição trimestral, o Boletim dos Pequenos Negócios apresenta um perfil dos microempreendedores do estado. Segundo o levantamento, a maioria dos MEIs potiguares é do sexo masculino, no entanto, 47% deles já são mulheres. Mais da metade – 53% – dessas pessoas formalizadas está na faixa etária dos 21 aos 40 anos. A maior parcela atua no comércio de roupas e acessórios (24%), cabeleireiros (18%), mercadinhos e mercearias (13%), lanchonetes (8%) e comércio de bebidas (8%).

Nenhum comentário:

Postar um comentário