Páginas

segunda-feira, 3 de junho de 2019

PF PRENDE SUSPEITOS DE TRÁFICO DE DROGAS E LAVAGEM DE DINHEIRO NO RN


Três suspeitos de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro foram presos pela Polícia Federal na região metropolitana de Natal. As prisões aconteceram na última sexta-feira (31), mas só foram divulgadas nesta segunda-feira (3) pela corporação. 

Em Natal, um mandado de busca e apreensão e outro de prisão foram cumpridos contra um construtor potiguar, de 38 anos, condenado por estelionato pela 14ª Vara Federal/RN. As diligências objetivaram instruir investigação em curso que apura a atuação de um suspeito de lavar dinheiro para assaltantes e traficantes de drogas. 

Foram ainda cumpridos em Parnamirim/RN, na Região Metropolitana, um mandado de busca e dois mandados de prisão expedidos respectivamente pela 1ª Vara Criminal de Mossoró/RN e 2ª Vara Criminal de Parnaíba/PI, contra uma mesma pessoa: um auxiliar de farmácia, paraibano, de 42 anos, acusado de traficar drogas. 



No momento daquela ação policial um outro homem também se encontrava na casa dele: um vendedor de automóveis, cearense, de 36 anos, que possui antecedentes criminais e responde a processos por homicídio, porte ilegal de arma, tráfico de drogas e roubo nas comarcas de Caucaia e Fortaleza/CE e que estaria ainda descumprindo pena de prisão domiciliar naquele estado. 

Quando foram abordados, ambos se identificaram apresentando documentos falsos, sendo presos em flagrante e encaminhados para autuação na sede da Polícia Federal. 

A suspeita da PF é que os três homens capturados nesta ação integram uma mesma organização criminosa dedicada ao tráfico de substâncias entorpecentes e a lavagem de dinheiro. 

Após as buscas, foram apreendidos quatro automóveis, uma motocicleta, além de relógios, cheques, celulares e documentos diversos. Dos três presos, um foi encaminhado para o sistema prisional do estado, enquanto outros dois ainda aguardam transferência e permanecem custodiados na superintendência da PF, à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário