Páginas

terça-feira, 3 de setembro de 2019

FÁTIMA PLANEJA VENDER QUASE METADE DAS AÇÕES DA CAERN


A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), confirmou que o Estado pretende capitalizar a autarquia abrindo quase metade do seu capital. A ideia é captar recursos para investimentos. Com isso, o Governo Estadual, que hoje possui praticamente 100% das ações da empresa, ficaria com 51%, permanecendo como acionista majoritário, observando o efetivo controle administrativo.

O norteador para essa decisão são mais investimentos em obras que visam a garantia hídrica e a universalização do saneamento, segundo o texto que divulgou informando ter subido 25 posições no ranking das mil Maiores e Melhores empresas, listadas pela Revista Exame, em edição especial. Na lista, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) aparece agora na posição 872.

Este é o sétimo ano consecutivo que a Companhia aparece entre as mil maiores empresas do país. Em comparação ao ano de 2013, primeira vez que figurou no ranking, a Caern subiu 80 posições (952). A melhora da classificação demonstra o crescimento da empresa.



“A Caern tem se mostrado, nos últimos anos, uma empresa viável e lucrativa. Em nossa gestão, estamos trabalhando para que o crescimento e as melhorias da Companhia sejam cada vez mais efetivos. Ações de recuperação de débitos, fiscalização e modernização estão sendo realizadas de forma a torná-la cada vez mais rentável”, explica o Diretor-Presidente, Roberto Linhares. A boa notícia chega no momento em que a empresa comemora seu cinquentenário e pensa na abertura de capital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário