Páginas

quarta-feira, 11 de setembro de 2019

SUPLENTE PEDE NA JUSTIÇA MANDATO DE NEY LOPES JR NA CMN POR DESFILIAÇÃO SEM AUTORIZAÇÃO

Foto: Elpidio Júnior
O vereador de Natal Ney Lopes Júnior está tendo seu mandato questionado em ação que tramita no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) movida pelo então candidato Lilico Bezerra. O questionamento judicial do mandato ocorre por suposta falta de autorização para desfiliação do vereador eleito do seu antigo partido, o PSD-RN.
O partido é presidido no estado pelo ex-governador Robinson Faria. No último dia 29 de julho, Ney enviou carta à Robinson com o pedido de desfiliação alegando falta de prestígio no PSD, porém não recebeu autorização.
Com isso, Lilico Bezerra questiona que o mandato pertence ao partido, de acordo com a votação proporcional para composição da Câmara Municipal e não ao vereador Ney Lopes. O processo está sob a relatoria do desembargador Cornélio Alves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário