Páginas

quinta-feira, 3 de outubro de 2019

VAREJO E SERVIÇO DEVEM ABRIR MAIS DE 3 MIL VAGAS TEMPORÁRIAS NO RIO GRANDE DO NORTE

Foto: Ana Amaral/Arquivo/Portal No Ar

Dados divulgados essa semana pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal) apontam que o comércio vai contratar funcionários temporários de olho nas vendas de fim de ano. De acordo com o presidente da CDL Natal, Augusto Vaz, na capital serão 1.750 novas contratações. Já no Rio Grande do Norte, serão 3.100. Fato comemorado pelo líder empresarial.
“Falar de novas contratações é muito bom, são novas oportunidades para trabalhadores, empresários e consumidores. O fim do ano é visto por nós lojistas, como um momento de grandes oportunidades e de fecharmos 2019 de forma positiva”, afirmou ele.
Ainda segundo Vaz os mercado local está na fase de seleção desses temporários. Ele afirma que o trabalho efetivo começa em novembro e se estende muitas vezes até janeiro do ano seguinte, podendo ainda o funcionário ser efetivado após os três meses, a depender do desempenho.


O otimismo em relação as vagas temporárias é nacional, a pesquisa do SPC Brasil revela que deve abrir mais de 100 mil vagas para o fim de ano em todo o Brasil. E que metade dos entrevistados pretende contratar mais este ano; 52% criarão postos de trabalho para temporários, sendo que em 40% dos casos há planos de efetivar o colaborador
Faltando três meses para as comemorações de fim de ano, os setores varejista e de serviços já vêm se preparando para um dos melhores períodos que promete aquecer o setor com a contratação de novos profissionais. A estimativa e de que aproximadamente 103 mil vagas serão abertas até dezembro — um aumento de 43,8 mil postos de trabalho em relação ao previsto ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário