Páginas

terça-feira, 26 de novembro de 2019

PLACA DO MERCOSUL JÁ ESTÁ SENDO CLONADA E VENDIDA NA RUA


Ela deveria reduzir ou até evitar fraudes, mas não é o que anda acontecendo, de acordo com reportagem do site UOL. A placa Mercosul já está valendo em nove estados da federação e milhares de carros e veículos comerciais, porém, uma parte é de origem ilegal, ou seja, clonada.
A Polícia Civil de São Paulo descobriu um esquema de clonagem de placas de padrão Mercosul após a apreensão de dois carros no mês de julho. Os dois veículos roubados não foram os únicos. Na Bahia, a Polícia Civil descobriu três carros e fechou um desmanche ilegal.


Casos como estes não são isolados e denunciam que a placa Mercosul está sendo amplamente falsificada para a clonagem de veículos roubados. As empresas do setor de placas apontam falta de fiscalização por parte dos departamentos de trânsito dos estados, o que facilita a ação de quadrilhas especializadas em roubo e adulteração de veículos.
Danilo Costa, advogado da ANEPV (Associação Nacional de Estampadoras de Placas Veiculares), diz: “Os Estados não estão cumprindo a rastreabilidade total da fabricação, da estampagem até a colocação das placas, com possibilidade de auditar o processo até que a placa seja vinculada ao veículo. Além disso, em vários Estados a comercialização é feita por atravessadores, elevando o preço ao consumidor final, e não há controle da emissão de nota fiscal eletrônica, abrindo margem para sonegação”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário