Páginas

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

TRE DO RN ESTUDA REDUZIR LOCAIS DE VOTAÇÃO SE NÃO HOUVER NOVAS URNAS

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda não concluiu o processo de compra de novas urnas eletrônicas para as eleições municipais de 2020. No entanto, caso a licitação não seja bem sucedida em um tempo hábil para que os novos equipamentos possam ser usados na eleição deste ano, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) já se prepara para adotar medidas de agregações de seções eleitorais, a fim de que não se prejudique, as votações eletrônicas nos 167 municípios do Rio Grande do Norte, segundo informações Assessoria de Comunicação da instituição.
Hoje, o Tribunal Regional Eeleitoral conta com 9.240 urnas eletrônicas em disponibilidade, das quais 609 estão praticamente inservíveis, pois são do modelo de 2008 e estão com vida útil limite. Nas eleições gerais de 2018, quando 2,37 milhões de eleitores estavam aptos ao voto, a Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte distribuiu as urnas para 7.389 mesas receptoras de votos, porque 401 seções foram agregadas, totalizando 7.790 seções eleitorais.
Leia a matéria na íntegra aqui na Tribuna do Norte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário