Páginas

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

MPRN RECOMENDA QUE PREFEITURA SOLUCIONE PROBLEMAS ENCONTRADOS NO HOSPITAL DE PASSA E FICA


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) recomendação para que a Prefeitura de Passa e Fica corrija, no prazo de 30 dias, uma série de irregularidades detectadas no Hospital Maternidade Nossa Senhora Aparecida. 
 
No documento, o MPRN relaciona as irregularidades, a começar pelo setor de farmácia e nutrição, que funciona em alguns períodos sob a responsabilidade de profissionais que não são farmacêuticos e nutricionistas, em desconformidade com a legislação.
 
Também foram detectados a falta de equipamento de bomba de infusão, monitor multiparâmetros e ventilador mecânico; bisturi elétrico quebrado; incubadora quebrada; ausência de alojamento conjunto para acomodação da mãe e bebê; Central de Material e Esterilização não climatizado, falta de monitoramento biológico, falta de registro dos ciclos de esterilização, ausência de equipamentos de proteção individual e ausência de responsável técnico pelo setor, autoclave quebrada.

O MPRN adverte que a não observância da recomendação implicará na adoção das medidas cabíveis, devendo ser encaminhada à Promotoria de Justiça informações pormenorizadas quanto à adoção das medidas administrativas para solução dos problemas.
 

Para ler o documento publicado no DOE, clique aqui.

Um comentário: