Páginas

sábado, 14 de março de 2020

EM NOVA ASSEMBLEIA, PROFESSORES MANTÉM GREVE DA REDE ESTADUAL DE ENSINO

Os trabalhadores em educação da Rede Estadual disseram não a 4ª proposta apresentada pelo Governo para quitar o Piso Salarial de 2020. Com isso, o movimento iniciado em 04 de março segue por tempo indeterminado. A deliberação aconteceu em assembleia realizada na tarde desta sexta-feira (13).
A proposta do Executivo, mostrada ao SINTE/RN na última quarta (11) durante audiência, consiste em quitar os 12,84% em três vezes para ativos (julho, outubro e dezembro) e aposentados (agosto, outubro e dezembro) e parcelar em 12 meses o retroativo a partir de janeiro de 2021 ou antecipar caso entre em caixa novos recursos do Fundef.
Agora, a categoria quer que o Sindicato tente novo diálogo com o Executivo em busca de outra proposta.


ADESÃO À GREVE É ESTIMADA EM 80%
Os profissionais avaliaram o movimento grevista como forte e estimam que cerca de 80% da categoria aderiu. De acordo com balanço realizado, a greve atingiu todo o Rio Grande do Norte.
CATEGORIA DECIDE REALIZAR ATO DIA 16/03
A categoria também decidiu realizar um protesto nesta segunda-feira (16 de março) a partir das 8h, na Escola de Governo, no Centro Administrativo de Natal. A ideia é pressionar o Estado em busca do pagamento do Piso.
ADESÃO À GREVE GERAL DA EDUCAÇÃO DE 18 DE MARÇO
Outra definição da assembleia foi aderir à Greve Geral da Educação em defesa do Fundeb Permanente. A parada está sendo chamada pela CNTE para 18 de março (quarta-feira). Para o dia está marcado um ato público em Natal. A concentração será em frente ao IFRN da Avenida Salgado Filho a partir das 15h.
NOVA ASSEMBLEIA ESTÁ MARCADA PARA 23 DE MARÇO
Outra definição tirada na assembleia foi a de realizar um encontro dos trabalhadores em educação no dia 23 de março. A atividade está marcada para às 8h30, na Escola Estadual Padre Miguelinho, no bairro do Alecrim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário