Páginas

sexta-feira, 3 de abril de 2020

GOVERNO FEDERAL DIVULGA CALENDÁRIO DE PAGAMENTO DO PIS/PASEP DE 2020 E 2021


O abono-salarial do PIS/Pasep de 2020-2021 começará a ser pago a partir do dia 30 de junho deste ano e se estenderá até 30 de junho do ano seguinte. O calendário da liberação anual do benefício foi publicado nesta sexta-feira, 3, no Diário Oficial da União. O prazo inicial, de 30 de junho, é válido apenas para trabalhadores com contas na Caixa Econômica Federal (no caso da iniciativa privada) ou do Banco do Brasil (iniciativa pública). Caso sejam correntistas e tenham direito ao abono ainda em 2020, recebem direito em débito em conta. Quem não tem conta nos bancos recebe a partir de 16 de julho.
O calendário leva em consideração o mês de nascimento, no caso dos trabalhadores da iniciativa privada, e o número final da inscrição, para servidores públicos. Quem nasceu nos meses de julho a dezembro ou tem número final de inscrição entre 0 e 4 receberá o benefício ainda no ano de 2020. Já os nascidos entre janeiro e junho e com número de inscrição entre 5 e 9 receberão no primeiro semestre de 2021. O recurso, no entanto, fica disponível ao trabalhador até 30 de junho de 2021, prazo final para o recebimento.
Calendário do PIS de 2020-2021 
Nascidos entre junho e dezembro e com contas na Caixa terão o dinheiro creditado em 30 de junho; demais trabalhadores seguem cronograma abaixo





Nascidos em Data do pagamento Recebem até
Agosto18 de agosto de 202030 de junho de 2021
Dezembro15 de dezembro de 202030 de junho de 2021
Janeiro e fevereiro19 de janeiro de 202130 de junho de 2021
Julho16 de julho de 202030 de junho de 2021
Maio e junho17 de março de 202130 de junho de 2021
Março e abril11 de fevereiro de 202130 de junho de 2021
Novembro17 de novembro de 202030 de junho de 2021
Outubro14 de outubro de 202030 de junho de 2021
Setembro15 de setembro de 202030 de junho de 2021

Calendário do Pasep de 2020-2021 
Servidores públicos com o cartão final entre 0 e 4 e contas no Banco do Brasil terão crédito em conta em 30 de junho; os demais seguem cronograma

Final da inscrição Data do pagamento Recebem até
016 de julho de 202030 de junho de 2021
118 de agosto de 202030 de junho de 2021
215 de setembro de 202030 de junho de 2021
314 de outubro de 202030 de junho de 2021
417 de novembro de 202030 de junho de 2021
519 de janeiro de 202130 de junho de 2021
6 e 711 de fevereiro de 202130 de junho de 2021
8 e 917 de março de 202130 de junho de 2021

Tem direito ao abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e trabalhou por, pelo menos, 30 dias em 2019, que é o ano-base do benefício. É preciso ainda estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).
O valor do abono varia conforme o número de meses trabalhados no ano-base, indo de 89 reais e um salário mínimo (1.045 reais). Quem trabalhou um mês no ano-base 2019 receberá 1/12 do salário mínimo. Quem trabalhou 4 meses receberá 4/12 e assim por diante. 
Os saques do PIS são coordenados pela Caixa Econômica Federal. Informações sobre direito ao recebimento podem ser obtidas em pelo telefone 0800-726-02-07 ou pelo site http://www.caixa.gov.br/PIS. No caso do Pasep, as informações podem ser obtidas pelo 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Abono de 2019-2020

O prazo final para trabalhadores que receberam até dois salários mínimos por ano em 2018 foi alterado nesta sexta pela publicação do Diário Oficial. O governo antecipou o prazo final para saque do abono do PIS do ano passado, que será em 29 de maio e não mais em 30 de junho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário