Páginas

segunda-feira, 25 de maio de 2020

CHEIA EM BARRAGEM PROVOCA TERREMOTO EM CIDADE DO RN


Um terremoto de magnitude preliminar 1.7 mR foi captado pelo Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN) nas proximidades da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, no município de Assú, neste domingo (24).

Era por volta das 7h34 quando o tremor foi detectado por estações sismográficas pertencentes à Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) e analisado pela equipe do LabSis/UFRN. Segundo o Coordenador do laboratório, professor Aderson Nascimento, "a região do lago já teve sismicidade registrada e analisada nas década de 80 e 90 e no ano de 2012".

Ainda segundo ele, os eventos sísmicos na época estariam associados à variação do nível dos reservatórios. "É um fenômeno denominado sismicidade induzida, observado em várias partes do mundo também no qual a presença do lago (artificial) induz (ou engatilha) eventos sísmicos em falhas geológicas da região", concluiu.




Ainda segundo o Labsis, não há como prever a evolução dessa sismicidade.

De acordo com o Instituto de Gestão das Águas (Igarn), até a última quinta-feira (21) a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves estava com 57,56% do seu volume total, o que representa cerca de 1.3 bilhão de metros cúbicos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário