Páginas

quarta-feira, 12 de agosto de 2020

COMISSÃO ESPECIAL FISCALIZA MATERIAIS RECEBEIDOS POR INTERNOS NOS PRESÍDIOS DO RN

Em 28 de julho, na Penitenciária de Alcaçuz, a Comissão acompanhou a entrega de remédios aos internos, realizada pela equipe de saúde prisional  FOTO: Seap

A Secretaria da Administração Penitenciária do Rio Grande do Norte (Seap) criou uma comissão especial para monitorar e fiscalizar a entrega de alimentação, medicamentos, vestuários, além de materiais de limpeza e higiene pessoal para as pessoas privadas de liberdade custodiadas no sistema prisional estadual. As inspeções serão regulares e já foram realizadas em duas unidades.

A comissão, criada em julho, é formada por sete servidores da Seap. Eles realizaram inspeções na Cadeia Pública Dinorá Simas, em Ceará-Mirim, e na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, a maior unidade prisional do RN, e já definiram um cronograma para as outras 15 unidades com custódia de presos.

Nesta terça-feira (11), em Ceará-Mirim, os membros da comissão acompanharam a entrega da alimentação dos internos com a conferência do cardápio, aferição do peso, condições de consumo e a distribuição até as celas. Também foi checado a entrega de remédios e produtos de higiene pessoal. Nenhuma irregularidade foi detectada.



Em 28 de julho, na Penitenciária de Alcaçuz, a comissão acompanhou a entrega de remédios aos internos, realizada pela equipe de saúde prisional. Os medicamentos são entregues aos presos que fazem uso de remédios de uso contínuo como os usados no tratamento de tuberculose, diabetes, hipertensão e HIV. No presídio, 105 internos fazem uso de psicotrópicos e oito usam bolsas de colostomia.

Os servidores também acompanharam a entrega de kits de higiene e limpeza formado por sabonete, escova de dente, creme dental, papel higiênico, água sanitária e sabão em pó. Nenhuma anormalidade foi identificada na inspeção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário