Páginas

sexta-feira, 14 de agosto de 2020

NOVA CRUZ (RN): POR 8 X 5 , CÂMARA MUNICIPAL CASSA DIREITOS POLÍTICOS DO EX-PREFEITO CID ARRUDA


Em uma sessão bastante tumultuada na câmara municipal, foi votada na noite desta quinta feira 13 de agosto, as contas referentes ao FUNDEF do ano de 2003, da gestão do ex-prefeito Cid Arruda(PSD) na cidade de Nova Cruz.

Dos 12 vereadores presente na casa e 1 on-line, por motivos de doença foi realizado a votação que culminou na cassação dos direitos políticos do ex-prefeito Cid Arruda, a maioria dos vereadores acompanharam o parecer do Tribunal de Contas do Estados do Rio Grande do Norte, que no placar dos conselheiros foi de 7x0, desaprovando as contas do mesmo.

A votação ficou assim dos 13 vereadores da casa, 8 vereadores votaram contra as contas, desaprovando e acompanhando o parecer dos TCE, e 5 vereadores votaram a favor das contas do ex-prefeito Cid Arruda.

Seriam necessários 9 votos a favor para que o ex-prefeito Cid Arruda não tivesse os direitos políticos cassados, votação essa que ele só obteve 5 votos no plenário da câmara.

Votaram pela cassação os vereadores Álisson de Barão(RP), Cesar de Augustinho(MDB), Juninho Salú(MDB), Valdo Salú(MDB), Fátima Ronaldo(MDB), Patrícia Lima(MDB), Rogério Felipe(MDB),  e Arthur Gomes(MDB).

Votaram pela não perda dos direitos políticos os vereadores, Mateus Catolé(PSB),, Manga Rosa(PSD), Aluísio Sena(PSB),, Gabriela Melo(PP),  e Thiago de Genival(PP).

Xua do Agreste

Nenhum comentário:

Postar um comentário