Páginas

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

BOMBEIROS REGISTRAM 2.173 OCORRÊNCIAS COM ABELHAS NO RN EM 2020

 

 Foto: CBMRN/Assecom

O Corpo de Bombeiros atendeu 2.173 ocorrências envolvendo enxames de abelhas em todo o Rio Grande do Norte até o mês de agosto deste ano. Os dados são da Diretoria de Engenharia e Operações (DEO) da corporação.

Duas regiões acumulam 92% das ocorrências: Natal e Região Metropolitana, com 1.501 casos, e Mossoró e região, com 513. As demais chamadas foram para atender casos em Caicó e Região (96) e Pau dos Ferros e Região (63).

Segundo a corporação, há uma tendência de aumento no número de casos daqui pra frente, já que o período entre agosto e fevereiro é o de reprodução das abelhas, o que faz crescer o perigo de ataques, em função da incidência de incêndios florestais e da defesa em relação a presença externa de homens e animais.


“Além dos incêndios florestais que ocorrem nesse período do ano, o Corpo de Bombeiros também tem uma preocupação em relação as ocorrências envolvendo abelhas. Esses casos aumentam consideravelmente entre os meses de agosto e fevereiro, pois há uma maior produção desses insetos, consequentemente aumentando os enxames”, explicou o Comandante do Serviço Operacional do CBMRN, Major Christiano Couceiro.

O que é acontece é que as queimas registradas nessa época do ano fazem com que as abelhas saiam do seu habitat natural e busquem abrigo em áreas urbanas. Esse tipo de ocorrência foi inserida na Operação Abrace o Meio Ambiente (AMA) do Corpo de Bombeiros.

Como medida de precaução, a corporação alerta para que a população não tente exterminar enxames ou se aproxime de colmeias, já que as abelhas agem por defesa. Isso pode ajudar a evitar acidentes com o inseto. "Todos os dias os nossos bombeiros intensificam ações contra os ataques de abelhas dentro de residências, escolas, hospitais e em estabelecimentos comerciais. No entanto, pedimos mais uma vez que a população não tente agir por conta própria e muito menos exterminar os enxames", falou Couceiro.

"O ideal é ligar no 193 e uma equipe especializada irá ao local realizar a captura e depois os animais serão devolvidos à natureza”.

Ocorrências por região


  • Natal e Região: 1.501
  • Mossoró e Região: 513
  • Caicó e Região: 96
  • Pau dos Ferros e Região: 63

Nenhum comentário:

Postar um comentário