Páginas

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

EXPORTAÇÕES NO RN CRESCEM 54,8% EM AGOSTO, MAS ACUMULADO NO ANO REGISTRA QUEDA DE 36,2%



O volume de exportações no Rio Grande do Norte teve aumento de 54,8% em agosto, quando comparado a julho deste ano. De acordo com o Centro Internacional de Negócios, da Federação das Indústrias (CIN-FIERN), foram exportados US$ 12,5 milhões de dólares em produtos no último mês. Para o centro, o aumento expressivo se deve ao fato de que o mês de julho apresentou valores muito baixos.

O mesmo valor alcançado em agosto deste ano é 18,8% menor do que o montante exportado no mesmo mês de 2019. Tecidos de algodão, produtos de animais impróprios para alimentação humana, melões, peixes e granitos foram os itens com maiores valores embarcados no último mês de agosto.

O acumulado dos primeiros oito meses do ano registram uma queda de 36,2%, sem contar itens extraordinários. De janeiro a agosto deste ano foram exportados US$ 155,2 milhões em produtos, enquanto que no mesmo período de 2019 foram US$ 243,5 milhões. Se colocados na conta, os itens extraordinários trazem a diferença para uma queda de 20,9%.

Melões, cuja safra 2020/21 está no início, é o produto líder de exportação no Rio Grande do Norte no ano, com US$ 31,386 em valores embarcados. O resultado da fruta, no entanto, é 41,3% menor que no ano passado. Sal, combustíveis, tecidos de algodão e peixes são os produtos que vêm na sequência, respectivamente.

Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário