Páginas

sexta-feira, 4 de setembro de 2020

RN TEM A MAIOR PROPORÇÃO DO NORDESTE DE PESSOAS QUE CONSULTARAM MÉDICO, DIZ IBGE

75% dos potiguares se consultaram  Foto: Marcos Santos/USP Imagens

O Rio Grande do Norte é o estado do Nordeste com maior proporção de pessoas que fizeram algum tipo de consulta médica entre 2019 e 2020. Ao todo, 75,4% da população potiguar se consultou neste período. O dado é da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) e foi divulgado nesta sexta-feira (4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apesar de ser o principal estado nordestino - e também ficar a frente de todos os estados do Norte - no quesito, o RN fica atrás da média nacional, que é de 76,2%.

O PNS 2019 apresenta dados sobre domicílios, acesso e utilização de serviços de saúde. A coleta dos dados ocorreu entre agosto de 2019 e fevereiro de 2020.




Outro dado apontado na pesquisa é que 82,3% da população potiguar procura sempre o mesmo médico ou serviço de saúde quando necessita de atendimento. Esse percentual é maior que as médias do Brasil (76,5%) e do Nordeste (76%). No ranking das federações, Alagoas (82,3%) e São Paulo (82,5%) tem proporções semelhantes - as mais altas do país.

Segundo o IBGE, "quanto maior o nível de instrução, menor é a parcela da população que costuma repetir o lugar ou profissional de quem recebe atendimento". No RN, são 84,6% das pessoas sem instrução ou com ensino fundamental incompleto que procuram o mesmo médico ou serviço de saúde. Entre as pessoas com ensino superior completo, esse número é de 76,9%.

Segundo a pesquisa, 18,7% dos potiguares têm plano médico ou odontológico, número abaixo da média nacional, que é de 28,5%, e maior que a média do Nordeste (16,6%). Segundo o IBGE, "esse dado evidencia a elevada dependência dos norte-rio-grandenses da rede pública de saúde, tendo em vista que 81,3% não têm plano nem médico nem odontológico".

Outro dado levantado é de que 16,4% dos potiguares têm plano de saúde médico (não inclui os planos exclusivamente odontológicos), o que representa a terceira maior proporção entre os estados do Nordeste. A média nacional é de 26%. Quanto aos planos odontológicos, 10,5% dos norte-rio-grandenses têm o serviço, menos que a média do Brasil (12,7%).

A Pesquisa Nacional de Saúde levantou ainda o dado de que dos 1.128.000 de domicílios potiguares, 39,3% deles têm cachorro e 20,6% têm gato. Desse total, 74,3% (ou 560 mil) lares possuem o animal vacinado contra a raiva - a maior proporção do Nordeste. Esse número também é maior que a média nacional, que corresponde a 72% dos domicílios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário