BOLSONARO ZERA ALÍQUOTA DE IMPORTAÇÃO DE REVÓLVERES E PISTOLAS

 

AGÊNCIA BRASIL 

O presidente Jair Bolsonaro anunciou hoje (09) que vai zerar a alíquota de importação de revólveres e pistolas, que atualmente é de 20% do valor do produto. A mudança passa a valer a partir de janeiro de 2021.

A resolução da Câmara de Comércio Exterior que contém a medida foi publicada no "Diário Oficial da União" (DOU) desta quarta-feira (9), um dia após deliberação na 11ª reunião extraordinária do colegiado.

A isenção da alíquota não se aplica a alguns tipos de armas, como as que são carregadas exclusivamente pela boca, pistolas lança-foguetes, revólveres para tiros de festim e armas de ar comprimido ou de gás.

Ao zerar a taxa de importação, o Brasil incluiu revólveres e pistolas numa lista de exceção para produtos com tarifas diferentes daquelas praticadas pelos outros países do Mercosul (Argentina, Uruguai e Paraguai). O Mercosul adota uma Tarifa Externa Comum (TEC) para uma série de bens, mas existe a possibilidade de um país membro ter uma lista de exceção, com valores diferentes.

Com informações do G1


Comentários

Notícias mais lidas na semana.

PROCESSO SELETIVO DA EMATER-RN OFERTA 125 VAGAS EM NÍVEIS MÉDIO E SUPERIOR

POLÍCIA LOCALIZA LÁZARO BARBOSA, O "SERIAL KILLER DO DF" QUE CONSEGUE FUGIR NOVAMENTE

PREFEITO FLAVIO DE BEROI, DE NOVA CRUZ, MANTÉM COMPROMISSO E AUTORIZA PAGAMENTO ANTECIPADO NESTA TERÇA-FEIRA

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%