Páginas

quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

RN VOLTA A RECEBER VOOS REGULARES PARA MOSSORÓ A PARTIR DE MARÇO DE 2021

 

FOTO: ASSECOM – AZUL


Em virtude de agenda intensa de reuniões realizada na cidade de São Paulo em outubro de 2020, com os representantes das principais companhias aéreas do país, o Governo da Professora Fátima Bezerra anuncia a volta das operações da Azul Linhas Aeréas na cidade de Mossoró a partir de primeiro de março de 2021.

Chegando a Mossoró, o turista ou viajante voará a bordo de aviões modelo ATR 72-600, com capacidade para 70 passageiros. O retorno da operação irá conectar o Estado do Rio Grande do Norte com a cidade de Recife, principal hub da Azul no Nordeste, alcançando conectividade com turistas de destinos como Belém, Teresina, Manaus, Belo Horizonte, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo.

Para a governadora Fátima Bezerra, as reuniões ocorridas na capital paulista foram decisivas para confirmarem a volta dessa operação. “Nosso objetivo era o de reconquistar a malha aérea para o Rio Grande do Norte, que é tão importante para a atividade econômica e desenvolvimento do Estado, especialmente retomar os voos regulares para a cidade de Mossoró, segunda maior cidade do RN”, declara.


“Já planejávamos o retorno de nossas operações em Mossoró no início do próximo ano e antecipamos a volta em função de um pedido do governo do estado. Sabemos da importância da ligação aérea para Mossoró e região e vivemos um período de retomada do turismo, seja a lazer ou a trabalho. A reconexão com Recife permitirá que nossos Clientes se desloquem para qualquer destino doméstico e internacional operado pela Azul, o que proporcionará conveniência e comodidade aos viajantes”, destaca John Rodgerson, presidente da Azul.

Os voos seguirão todos os protocolos de higiene e segurança sanitária adotados pelo plano de retomada da economia do Estado do Rio Grande do Norte, destino certificado com o selo Safe Travels, da WTTC (Organização Mundial de Turismo). E começarão a ser comercializados a partir deste sábado, 19 de dezembro de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário