SECRETARIA DE SAÚDE ESTIMA INÍCIO DE VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 EM FEVEREIRO DE 2021 NO RN

 

 Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte estima que o estado começará a vacinação contra covid-19 em fevereiro de 2021 e aguarda o plano de imunização nacional do Ministério da Saúde. Ao mesmo tempo, o estado negocia a CoronaVac, com o Instituto Butantan, de São Paulo, a um custo médio de R$ 5 por dose - a vacina ainda não foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

As informações foram confirmadas nesta quarta-feira (9) pela secretária adjunta, Maura Sobreira, que acompanhou a governadora Fátima Bezerra (PT) em Brasília para reunião dos governadores com o ministro da Saúde. O governo do estado também anunciou nesta terça (8) a intenção de adquirir doses da Coronavac.

"O Ministério da Saúde anunciou que em torno de 60 dias seria o prazo da Anvisa para avaliar essas vacinas que estão sendo protocoladas, encerrando a fase três de teste. Nesse sentido, a gente teria em fevereiro a disponibilidade desses imunobiológicos nos estados, para iniciar o calendário vacinal", afirmou a secretária em entrevista ao Bom Dia RN, da Inter TV Cabugi.



Maura afirmou que o estado vai aderir ao programa nacional de imunização contra a covid-19, em que o Ministério da Saúde se comprometeu a adquirir vacinas de diferentes laboratórios para atender a toda a população do país.

Mas o estado também deverá adquirir, com recursos próprios doses da CoronaVac, principalmente para imunização dos profissionais de saúde - foco das 4 milhões de doses que o Instituto Butantan se comprometeu a negociar com os demais estados do país.

A secretária adjunta não informou quantas doses seriam compradas pelo estado, mas ressaltou que a compra só será encaminhada após a aprovação do imunizante pela Anvisa. Seriam utilizados recursos próprios e recursos enviados pelo governo federal para combate à pandemia.

"O compromisso é em garantir a celeridade. Sinalizamos o interesse em também aderir a essa agenda, avaliar questão dos custos e formalização", afirmou. "A média seria de R$ 5 reais a dose", pontuou, ressaltando que o Ministério da Saúde também poderá comprar a vacina.

A secretária adjunta ainda garantiu que o estado também está em fase de compra de insumos para transporte, armazenamento e aplicação das vacinas e ressaltou que todos os imunizantes em fase de teste, no mundo, exigem aplicação de duas doses em cada pessoa.


Comentários

Notícias mais lidas na semana.

HOSPITAL REGIONAL EM SANTO ANTÔNIO VOLTA A NORMALIDADE DAS ATIVIDADES CIRÚRGICAS

COMPROMISSO SEGUE FIRME: PREFEITO FLAVIO DE BEROI AUTORIZA PAGAMENTO ANTECIPADO DOS SERVIDORES DE NOVA CRUZ-RN

AO VISITAR PREFEITO FLAVIO DE BEROI, WALTER ALVES PRESTA CONTAS DO MANDATO E JUNTOS ANUNCIAM MAIS BENEFÍCIOS PARA NOVA CRUZ-RN

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO