O melhor site de apostas!

O melhor site de apostas!
Clique na imagem e vá direto ao site.

SECRETÁRIOS ESTADUAIS E MUNICIPAIS DE SAÚDE DEFENDEM A AQUISIÇÃO DE TODAS AS VACINAS EFICAZES CONTRA A COVID

 

Foto: Freepik

O Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) e o Conasems (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde) publicaram uma nota conjunta neste sábado (5) com o pedido para que o plano nacional de vacinação contemple a compra de todas as vacinas que têm a eficácia comprovada.

De acordo com o comunicado, o recrudescimento da pandemia da covid-19, no mundo e no Brasil, aponta para um cenário de insuficiência de doses para a vacinação de todas as populações. A alta demanda faz com que restrições ao número de fornecedores causem atrasos no acesso à vacina para grupos prioritários de risco.

O presidente Jair Bolsonaro disse que o Brasil vai comprar a vacina que for aprovada pela Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária). Mas ele já criticou a vacina que está sendo testada no Instituto Butantan e que foi produzida pela chinesa Sinovac. “Não compraremos vacina da China“, afirmou em outubro.

Os secretários estaduais e municipais defendem que o PNI (Programa Nacional de Imunizações) incorpore todas as vacinas com reconhecida eficácia e segurança, especialmente as que já estão sendo testadas no Brasil. A intenção é alcançar a imunização de toda a população brasileira com a máxima brevidade.

“É urgente que os processos de avaliação para o uso emergencial de vacinas contra a covid-19, a logística de aquisição de insumos, o sistema de informações, a definição das estratégias de monitoramento e avaliação da campanha e, principalmente, a aquisição das vacinas estejam sob a coordenação do Ministério da Saúde, responsável pelo PNI, como medida para garantir a equidade entre os entes subnacionais”, afirmou o comunicado.

De acordo com a nota, a falta de coordenação nacional e a adoção de cronogramas diferentes para a vacinação de grupos prioritários são preocupantes. O movimento desalinhado gera “iniquidade” entre os cidadãos das unidades da federação, além de dificultar as ações nacionais de comunicação e a organização da farmacovigilância.

“A sociedade brasileira exige que as decisões sobre a vacinação contra a covid-19 não sejam pautadas por questões alheias aos interesses do país. As gestões estadual e municipal do SUS manifestam sua inafastável postura em defesa dos interesses da população brasileira, fundamentada na ciência, com a transparência, agilidade e efetividade necessárias“, afirmou o texto.

Poder 360

Comentários

Notícias mais lidas na semana.

URGENTE ! GOVERNADORA ANUNCIA QUE PARCELA DO 13º DE 2018 COMEÇA A SER PAGA AMANHÃ

VIXE ! LICITAÇÃO MILIONÁRIA NO MUNICÍPIO DE VÁRZEA/RN

PREFEITO RAULISON RIBEIRO PARTICIPA DE EVENTO QUE TRARÁ ADUTORA DO AGRESTE E BENEFICIARÁ TAMBÉM CIDADE DE SANTO ANTÔNIO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%