Páginas

quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

PETROBRAS VENDE PARTICIPAÇÃO EM DOIS PARQUES EÓLICOS EM GUAMARÉ PARA A VINCI PARTNERS POR R$ 90 MILHÕES

 

Foto: divulgação

A Petrobras vendeu para gestora Vinci Partners sua participação em dois parques eólicos no Rio Grande do Norte por quase R$ 90 milhões. A venda do ativo ocorre em um momento em que outras petroleiras que estão justamente ampliando suas apostas em projetos de energia renovável.

Segundo a Petrobras, o pagamento será feito em duas parcelas. A Petrobras tinha 49% de participação nos dois projetos vendidos (Mangue Seco 3 e Mangue Seco 4, ambos em Guamaré) em conjunto com a Wobben Windpower, que também se desfez do ativo.

“O fechamento da transação está sujeito ao cumprimento de condições precedentes, tais como a aprovação pelo Banco do Nordeste do Brasil, financiador do desenvolvimento do parque eólico, e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica”, disse a estatal em nota.



A estatal ainda está em processo para vender a outra parte do complexo, o Mangue Seco 1 e 2 desde o início do ano passado. Além disso, a Petrobras também está vendendo todas as suas participações de concessões de campos terrestres e águas rasas, localizadas na Bacia Potiguar, no Rio Grande do Norte.

Em julho do ano passado, a Petrobras vendeu dois campos terrestres (Ponta do Mel e Redonda) para a Central Resources do Brasil por US$ 7,2 milhões.

O objetivo da estatal é se concentrar em ativos do pré-sal. Por isso, está em negociação para vender outros ativos na área de energia, refinarias e gás.

Na noite desta quinta-feira, a Petrobras informou ainda que bateu recorde de produção anual em 2020: foram 2,28 milhões de barris por dia (bpd) de óleo, maior que os 2,172 milhões do ano anterior. O recorde anterior foi em 2015, com 2,23 milhões de bpd de óleo.

O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário