O melhor site de apostas!

O melhor site de apostas!
Clique na imagem e vá direto ao site.

MAIS UMA DENÚNCIA: FILHA REGISTRA FALSA APLICAÇÃO DE VACINA CONTRA A COVID-19 E ALERTA: 'NÃO DEIXEM OS IDOSOS SOZINHOS'

 

Foto: reprodução

A filha de uma idosa de 87 anos denuncia que a mãe não recebeu a vacina contra a Covid-19 na primeira aplicação, em uma unidade de saúde de Praia Grande, no litoral de São Paulo. Segundo ela, o profissional enfiou a agulha no braço da idosa, não injetou a dose do imunizante e chegou a perguntar se teria doído, finalizando o atendimento (veja vídeo acima). A Secretaria Municipal de Saúde afirmou que investiga o caso.

O episódio ocorreu na unidade de saúde Conviver Caiçara, na sexta-feira (12), por volta das 10h. Nas imagens, obtidas pelo G1 nesta quarta-feira (17), é possível ver o enfermeiro tirando a proteção da agulha, enfiando a injeção no braço da idosa e, um segundo depois, retirando o objeto. No vídeo, nota-se que o profissional não aperta a seringa para aplicar o imunizante na paciente.

O enfermeiro chega a perguntar se a aplicação doeu, e a idosa comenta que foi rápido demais. No entanto, a filha dela, que filmava a aplicação, percebeu a falha e alertou o profissional. “Só que pera aí, não fez”, afirmou ela após o enfermeiro indicar a finalização do procedimento.

A filha, que preferiu não se identificar, disse que filmou com a autorização de todos os profissionais envolvidos. “Ele colocou a mão na frente [durante a aplicação]. A gente sempre acha que isso não vai acontecer por perto, mas é nítido que ele não apertou”, disse.

A segunda aplicação foi feita em seguida, com outra agulha, no outro braço da idosa. Desta vez, o imunizante foi aplicado corretamente. A filha disse, ainda, que publicou o vídeo nas redes sociais não para “arranjar confusão”, mas para conscientizar as pessoas.

“Eu pedi para filmar e ele deixou, sabia disso. Foi má fé. Não deixem os idosos irem sozinhos. Gravem. Alguma coisa está acontecendo”, pediu a filha.


Prefeitura

Questionada sobre a denúncia, a Prefeitura de Praia Grande afirmou que o caso tratou-se de um “acontecimento não raro na aplicação de substâncias injetáveis”. A administração municipal disse, ainda, que o profissional que aparece nas imagens é um aluno de enfermagem conveniado ao município.

“Na hora de introduzir a vacina, [ele] percebeu que a agulha estava entupida, o que pode acontecer em qualquer procedimento injetável. De imediato, comunicou ao seu professor e profissional responsável, e trocou o material por uma nova seringa e realizou a aplicação em outro local, uma vez que o primeiro braço já havia recebido uma picada”, disse a prefeitura, em nota.

A Secretaria de Saúde Pública informou que irá investigar o caso, mas reitera que esse tipo de intercorrência pode acontecer quando se trata de medicamentos injetáveis.

G1

Comentários

LOJA PARCEIRA DO BLOG

LOJA PARCEIRA DO BLOG

Notícias mais lidas na semana.

PREFEITURA INTENSIFICA AÇÕES NA SAÚDE COM DRIVE THRU PARA VACINAR POPULAÇÃO NOVA-CRUZENSE

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

EM REUNIÃO COM O DEPUTADO BENES LEOCÁDIO, VEREADOR EDSON CAZUZA SOLICITA DEMANDAS PARA PASSA E FICA/RN

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%