MOTORISTA FAZ SEXO DENTRO DE AMBULÂNCIA DE PREFEITURA DO RN E É DEMITIDO

 

REPRODUÇÃO

O prefeito de Janduís, Dr. Salomão, demitiu um servidor da prefeitura após a repercussão de um vídeo mostrando uma cena de sexo oral praticado dentro de uma ambulância da prefeitura.

O ato aconteceu entre o motorista e a acompanhante de um idoso que estava sendo transportado de Janduís para Mossoró. Segundo familiares, essa acompanhante tem distúrbios mentais e não responde por seus atos. Leia abaixo a nota do prefeito na íntegra.

NOTA

O prefeito municipal de Janduís, Dr. Salomão Gurgel Pinheiro, vem a público repudiar e condenar o comportamento imoral e antissocial do motorista contratado Francisco Marcelo Fernandes, que, estando em serviço, transportando um paciente idoso de Janduis pra tratamento em Mossoró, abusou sexualmente da acompanhante deste no interior da ambulância municipal, praticando ato libidinoso e criminoso com indivíduo com distúrbios de conduta e comportamento, que não tem condição de responder, plenamente, pelos seus atos, segundo seus familiares.            

O prefeito municipal de Janduis determinou a imediata rescisão do contrato de trabalho de Francisco Marcelo Fernandes, ordenando a realização de Inquérito Administrativo para apurar responsabilidades, cujos resultados serão levados ao Ministério Público e à Justiça, a quem caberá aplicar ou não as medidas corretivas.           

O prefeito Salomão Gurgel Pinheiro manifesta a sua solidariedade à família Lima, hoje alvo de chacotas e afirmações desumanas, deixando claro para todos que atos dessa natureza não passarão impunes, devendo ser denunciados, apurados e os culpados punidos.

Salomão Gurgel, prefeito de Janduís/RN

Fonte: Portal Grande Ponto

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

JOVEM EMPRESÁRIA FAZ DOAÇÕES DE CESTAS BÁSICAS PARA FAMÍLIAS CARENTES DA CIDADE DE SANTO ANTÔNIO/RN

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO