NO RN, 450 PESSOAS MORRERAM À ESPERA DE UM LEITO PARA TRATAMENTO DA COVID-19

 


450. Esse é o número de pessoas que morreram à espera de um leito clínico ou crítico para tratamento da Covid-19 na rede pública de saúde do Rio Grande do Norte desde o início da pandemia. Os dados foram consultados nesta sexta-feira 26, na plataforma Regula RN, da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), que monitora o comportamento da pandemia de Covid-19 em tempo real. 

“Isso não quer dizer que essas pessoas sobreviveriam, mas elas não tiveram a chance de serem atendidas. Essa segunda onda da Covid-19 está avançando de forma mais grave e mais rápida, embora não estejamos enxergando ainda. A situação é muito preocupante, estamos diante do esgotamento do sistema para dar conta do grande volume de casos. Não podemos baixar a guarda, temos que nos proteger ainda mais”, ressaltou a infectologista e integrante do comitê científico estadual, Marise Reis.  

Ao longo dos últimos meses, o avanço da doença vem causando enorme pressão na rede de atendimento durante o que os especialistas chamam de “segunda onda”. Na manhã desta sexta-feira 26, 27 pessoas estavam na fila esperando por um leito crítico para tratamento da Covid-19 no Rio Grande do Norte. A fila de espera para atendimento em leito de enfermaria tinha 31 pessoas. 

Há oito dias, a média de ocupação de leitos críticos de Covid-19 se mantém acima dos 80%, que é o limite definido como aceitável pelo Governo do Estado para a retomada econômica. O quadro mais delicado está na Região Metropolitana de Natal (88,3%). As regiões Seridó e Oeste também estão sob forte estresse, acima dos 80% de ocupação de leitos críticos. Na quinta-feira 25, o RN registrou 12 hospitais públicos com 100% de ocupação.

 “Isso demonstra o tamanho da tragédia que vamos vivenciar em breve. O Brasil será uma grande Manaus. O governo federal posterga a vacinação quando toda a população de risco já deveria estar vacinada. A gente uma lástima muito grande por essas mortes vendo o Brasil sendo derrotado por uma visão de mundo que o bolsonarismo criou que desvaloriza a vida. O presidente é um dos grandes empecilhos que nós temos hoje, assim como o prefeito de Natal que fica oferecendo ivermectina”, comentou o infectologista Alexandre Motta. 

Agora, o Rio Grande do Norte tem 3.562 mortes por coronavírus e 165.050 casos confirmados da doença. Os vacinados são 89.746. Os números foram divulgados no último boletim epidemiológico da Sesap.



Comentários

Notícias mais lidas na semana.

HOSPITAL REGIONAL EM SANTO ANTÔNIO VOLTA A NORMALIDADE DAS ATIVIDADES CIRÚRGICAS

COMPROMISSO SEGUE FIRME: PREFEITO FLAVIO DE BEROI AUTORIZA PAGAMENTO ANTECIPADO DOS SERVIDORES DE NOVA CRUZ-RN

AO VISITAR PREFEITO FLAVIO DE BEROI, WALTER ALVES PRESTA CONTAS DO MANDATO E JUNTOS ANUNCIAM MAIS BENEFÍCIOS PARA NOVA CRUZ-RN

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO