O melhor site de apostas!

O melhor site de apostas!
Clique na imagem e vá direto ao site.

PRODUÇÃO INDUSTRIAL NO RIO GRANDE DO NORTE SEGUE EM QUEDA

 

Imagem: reprodução

A Sondagem das indústrias Extrativas e de Transformação do Rio Grande do Norte, elaborada pela FIERN, mostra que a produção industrial potiguar, como é usual para o início de ano, permaneceu em retração em fevereiro de 2021 (44,3 pontos).

Ressalte-se que este é quarto mês seguido que o indicador fica abaixo da linha divisória de 50 pontos, demonstrando que a tendência de queda da atividade se mantém. Acompanhando o desempenho negativo da produção, o número de empregados também caiu. O percentual médio de Utilização da Capacidade Instalada (UCI) da indústria ficou em 68% em fevereiro de 2021 (contra 66% da Sondagem de janeiro).

Embora tenha crescido, na avaliação dos empresários, a utilização da capacidade está abaixo do padrão usual para meses de fevereiro (indicador de 41,6 pontos). Mesmo com o recuo no nível de produção, os estoques de produtos finais voltaram a subir, e ficaram acima do nível planejado pelo conjunto da indústria. Refletindo o aumento da incerteza e do risco de que medidas mais restritivas de isolamento social sejam adotadas, os índices de expectativa dos empresários recuaram em março, mas não se reverteram. Portanto, ainda é esperada expansão na demanda, nas compras de matérias-primas e nas exportações, porém o otimismo se reduziu comparativamente ao levantamento anterior. Quanto ao número de empregados, as previsões são de queda nos próximos seis meses. A intenção de investimento, por seu turno, voltou a cair na passagem de fevereiro para março.

Quando comparados os dois portes de empresa pesquisados, observam-se, em alguns aspectos, comportamento divergente. As pequenas indústrias apontaram queda na produção e no número de empregados. Os estoques de produtos finais ficaram estáveis, mas abaixo do planejado. As expectativas para os próximos seis meses são de queda nas exportações; e o indicador da intenção de investimento voltou a cair. As médias e grandes empresas, por sua vez, assinalaram queda na produção e no emprego; estoques de produtos finais em alta e acima do nível desejado. As perspectivas em relação aos próximos seis meses, são positivas quanto a vendas externas, embora o otimismo tenha se reduzido em relação ao levantamento anterior. Já a intenção de investimento voltou a crescer.

Comparando-se os indicadores avaliados pela nossa Sondagem Industrial com os resultados divulgados em 18/03 pela CNI para o conjunto do Brasil, observa-se que, de um modo geral, as avaliações convergiram, com a diferença de que os empresários nacionais apontaram gradual recuperação do emprego industrial; os estoques de produtos finais caíram e ficaram abaixo do planejado pelas empresas; e estão otimistas com relação ao número de empregados nos próximos seis meses.

Portal Grande Ponto

Comentários

Notícias mais lidas na semana.

DISPENSA DE LICITAÇÃO MILIONÁRIA PELA PREFEITURA DE GOIANINHA/RN PARA LIMPEZA PÚBLICA

SANTO ANTÔNIO (RN): VEREADORA MARIZETHE SOLICITA DA PREFEITURA MEDIDAS PARA MELHORIAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA COMUNIDADE DE REDENÇÃO

EM NOVA CRUZ, PREFEITO FLAVIO DE BEROI PARTICIPA DA ENTREGA DE KITS DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR PARA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%