O melhor site de apostas!

O melhor site de apostas!
Clique na imagem e vá direto ao site.

"GOVERNADORA E COMANDO GERAL TENTAM TIRAR FOCO DOS ASSASSINATOS DE POLICIAIS COM CRIMINALIZAÇÃO DO BICO", DIZ ASSOCIAÇÃO DE SUBTENENTES E SARGENTOS

 

Foto: Magnus Nascimento


A Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN) se posicionou sobre pronunciamentos recentes do comando geral da PMRN e da governadora sobre as mortes de policiais no Rio Grande do Norte ocorridas nos últimos dias.

Após o assassinato do cabo Gustavo Pinheiro de Andrade na semana passada, a governadora Fátima Bezerra comentou o caso e afirmou nas redes sociais que “o cabo estava em uma atividade extra quando foi atingido”.

Em nota, a ASSPMBMRN afirma que os gestores “tentam criar uma cortina de fumaça para tirar o foco das recentes mortes violentas de policiais militares.”

Leia abaixo a nota na íntegra:

As entidades representativas de praças e oficiais da Polícia Militar e Bombeiro Militar do Rio Grande do Norte, por meio de suas diretorias, vêm a público externar posicionamento acerca dos pronunciamentos do comandante geral da PMRN e da governadora que tentam criar uma “cortina de fumaça” para tirar o foco das recentes mortes violentas de policiais militares.

Tem repercutido em toda a imprensa em geral, falas das citadas autoridades tentando justificar as mortes violentas dos policiais militares com o fato de que, supostamente, esses policiais estariam desempenhando atividades extras para complementar a renda familiar, os conhecidos “bicos”.

Pertinente destacarmos que na maioria das ocorrências os profissionais foram alvejados em razão da função que ocupam, sendo identificados como policiais e potencialmente capazes de impedir o cometimento de crimes. Tudo isso em decorrência da falta de prioridade e compromisso do governo em verdadeiramente combater a violência em nosso estado.

Nesse sentido, preocupados, repudiamos veementemente a postura dos representantes governamentais que relativizam, encarando com surpreendente naturalidade os atentados contra os policiais que possuem prerrogativas e o dever legal de agir na defesa da sociedade, mesmo em período de folga. 

Não obstante a necessidade de uma resposta rigorosa aos crimes, a categoria militar estadual há muito espera da sua comandante-chefe respostas efetivas e urgentes para questões como os salários atrasados, a falta de alimentação, as precárias condições de trabalho e o pior salário da segurança pública estadual. 

Enquanto entidades representativas da categoria, continuaremos cobrando e debatendo adoção de medidas na busca de respostas para reversão desse tratamento de omissão e negligência que atinge os policiais militares e bombeiros militares e, por consequência, toda a população do Rio Grande do Norte.

Comentários

Notícias mais lidas na semana.

SANTO ANTÔNIO (RN): VEREADORA MARIZETHE SOLICITA DA PREFEITURA MEDIDAS PARA MELHORIAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA COMUNIDADE DE REDENÇÃO

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

SEM SALÁRIO, COVEIRO COLA CARTAZES EM CEMITÉRIOS DO RN OFERECENDO SEU SERVIÇO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%