O melhor site de apostas!

O melhor site de apostas!
Clique na imagem e vá direto ao site.

LEVANTAMENTO APONTA QUE 56,8 MIL POTIGUARES ESTÃO COM A 2ª DOSE DA VACINA ATRASADA

 


Um estudo realizado pelos pesquisadores do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN) apontou que 56.840 potiguares estão com atraso no registro de imunização da segunda dose da vacina contra covid-19 no Rio Grande do Norte. De acordo com o laboratório, a sétima regional de Saúde, que contempla as cidades de Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Macaíba e Extremoz, possui o maior número de pessoas em atraso: 34.486. Desse quantitativo, 34.478 aguardam a CoronaVac e oito a vacina de Oxford.

Ainda segundo o LAIS, esse levantamento teve o objetivo de apurar quais cidadãos estão com o registro de 2ª dose (D2) a vencer nos próximos 30 dias. No período de 19 de janeiro de 2021 a 26 de abril de 2021, foram analisados pouco mais de 640 mil registros de vacinação na plataforma RN + Vacina. No relatório, os pesquisadores ressaltaram que o objetivo é “subsidiar os gestores das secretarias de saúde estadual e municipais no monitoramento e governança do processo de imunização com foco em mitigar desabastecimentos relacionados às doses D2 dos cidadãos vacinados até o momento”.

Atualmente, o registro de vacinação na campanha covid-19 2021 no Rio Grande do Norte – RN tem sido operacionalizado com dois fabricantes, a Coronovac/Butantan e Oxford/Astrazeneca. Ambas as vacinas têm indicativo de duas doses para que se complete o esquema vacinal, conforme recomendações do fabricante, sendo adotados os intervalos de 21 a 28 dias na aplicação da Coronavac e 80 a 90 dias na Astrazeneca.

“Cabe destacar que existe um déficit de registros por parte de alguns municípios, já que esses fazem a opção por registrar em papel em um primeiro momento para posteriormente lançar no sistema. Com isso, é possível que haja mais D2 atrasadas, já que algumas pessoas podem ter tomado a D1 e ela não ter sido inserida no sistema, como também podem existir pessoas que já tomaram a D2 mas a mesma ainda não foi inserida no RN+Vacina”, destacaram os pesquisadores no relatório.

Alguns municípios do estado potiguar, como Natal, precisaram suspender a aplicação da segunda dose até que uma nova remessa de vacina chegue ao solo potiguar. O LAIS orienta que o cidadão deve receber a segunda dose relacionada ao seu esquema vacinal no período estabelecido, a fim de assegurar uma melhor eficácia da vacina dentro da melhor janela imunológica identificada nos estudos clínicos realizados. “Desta forma, se faz necessário empreendimento de esforços visando assegurar à disponibilidade de doses para população-alvo convocada no período compatível ao recebimento de sua primeira dose”, disse os pesquisadores em trecho do relatório.

No início desta semana, a governadora Fátima Bezerra voltou a cobrar ao Ministério da Saúde celeridade no envio de mais vacinas para o Rio Grande do Norte e solicitou formalmente ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, lote extra de vacina para atender as pessoas que estão próximas do prazo de receber a segunda dose da Coronavac.

Portal da Tropical

Comentários

Notícias mais lidas na semana.

SANTO ANTÔNIO (RN): VEREADORA MARIZETHE SOLICITA DA PREFEITURA MEDIDAS PARA MELHORIAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA COMUNIDADE DE REDENÇÃO

EM NOVA CRUZ, PREFEITO FLAVIO DE BEROI PARTICIPA DA ENTREGA DE KITS DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR PARA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%