ABC E GOVERNO DO RN CONFIRMAM CONVERSAS PARA VOLTA DA TORCIDA EM JOGO CONTRA FLAMENGO PELA COPA DO BRASIL

 


ABC x Flamengo poderá contar com a presença de público no duelo pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Há conversas nesse sentido entre os dois clubes e o Governo do Rio Grande do Norte. Para que isso aconteça, no entanto, os clubes precisam ter uma sinalização positiva por parte da administração estadual, para seguirem com as providências necessárias para a presença da torcida junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Dono da maior torcida do Brasil, o Flamengo é o maior interessado no assunto e tem buscado há algum tempo a volta dos torcedores em seus jogos. A partida da volta pela Copa do Brasil, em Natal, está marcada para o dia 5 de agosto em estádio ainda a ser definido. O primeiro jogo, no Rio de Janeiro, será no dia 29 de julho. Até lá, os times terão que ter muita articulação política e conversas com os entes envolvidos.

O Flamengo conta com o prestígio e força política do clube e tem conseguido algumas vitórias nesse sentido. Nesta sexta-feira (16), o rubro negro conseguiu a transferência do jogo contra o Defensa y Justicia pela Libertadores para Brasília para ter público. O governo do Distrito Federal publicou um decreto autorizando torcida. A partida, que será na próxima quarta-feira, poderá receber até 15 mil pessoas, o que representa 25% da capacidade de público do Estádio Mané Garrincha.

Entre ABC x Flamengo, porém, as conversas ainda estão em fase inicial, mas há chances de os torcedores voltarem às arquibancadas, embora o presidente do ABC, Bira Marques, considere difícil. Segundo ele, desde quando foi realizado o sorteio das oitavas da Copa do Brasil, os dois clubes vêm tentando viabilizar a volta do público nas partidas.

“Essa discussão tem evoluído, mas ainda não há nada concreto, se vai ter ou se não vai ter torcida”, disse o presidente do ABC em contato com o portal GRANDE PONTO neste sábado (17).

O mesmo disse o Governo do RN, em uma curta nota enviada ao portal pelo secretário-chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves. “O Governo está em conversas com a diretoria do ABC, mas ainda não temos nada definido”.

Tratativas

Ainda segundo Bira, o ABC vai se reunir para elaborar e enviar um um protocolo para a CBF e o Governo do Estado como sugestão para a partida. É uma forma de mostrar que o clube está interessado no assunto e vê com bons olhos a presença de torcedores, de uma forma segura, conforme documento a ser apresentado.

O ABC deve se reunir nessa semana para começar a elaborar esse protocolo em conjunto com o departamento médico e infectologistas e deve também rediscutir o tema com diretores na próxima segunda-feira (19).

Já houve conversas entre o ABC e o comitê científico que auxilia o Governo do RN na pandemia, mas as partes não chegaram a um acordo.

“Eles [Comitê Científico] têm sido muito sensíveis, porque caiu bastante a questão de contaminação pela Covid-19 e também devido ao avanço da vacinação, mas não sinalizaram em nenhum momento nada positivo ainda. A gente vai lá, conversa com eles, eles atendem muito bem a gente, mas é igual àquela história: agua mole em pedra dura tanto bate até que fura”, disse o presidente do ABC. E acrescentou: “É muito difícil ter público. É o nosso papel tentar falar com o pessoal, sensibilizar de alguma forma, mas é muito difícil”.

Impasse

Outra dificuldade dos clubes diz respeito à questão técnica. Segundo Bira Marques, a CBF pondera se a volta do público a alguns estádios poderia provocar algum tipo de desigualdade técnica entre as equipes. Isso pode ocorrer, por exemplo, caso o Governo do RN libere a volta de público e o Governo do RJ não.

“Se o governo sinalizar positivamente, nós vamos para a CBF e ainda temos que ter a autorização da confederação, porque a CBF também fala da questão técnica se, por exemplo, no Rio de Janeiro não for liberado e em Natal sim, teria que ver se essa questão técnica pesaria. Mas em relação ao Flamengo eu acho que não teria, porque o Flamengo é um grande clube e onde ele for vai jogar do mesmo jeito”, considera Marques.

Caso dê tudo certo, o ABC ainda avalia o local onde aconteceria a partida. Bira afirma que tudo dependerá da quantidade de torcedores que poderá ser liberada. Caso seja liberada uma quantidade considerável, o jogo deverá ser na Arena das Dunas, que suporta uma capacidade maior de público. Entretanto, se o percentual liberado de torcida for muito pequeno, ele acha melhor que o ABC mande o jogo na sua casa, o estádio Frasqueirão

Portal Grande Ponto

Comentários

Notícias mais lidas na semana.

MUITA OUSADIA: AO SE PASSAR POR CLIENTE DE UMA LOJA, MULHER FURTA PEÇAS DE ROUPAS EM SANTO ANTÔNIO-RN; VEJA VÍDEOS

POLÍCIA MILITAR RECUPERA EM NOVA CRUZ MOTOCICLETA TOMADA DE ASSALTO EM GOIANINHA

PREFEITO DE TANGARÁ/RN HOMOLOGA LICITAÇÃO PARA TRANSPORTE DA EDUCAÇÃO POR QUASE R$ 600 MIL

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO