RN TEM A QUARTA MAIOR PROPORÇÃO DE ADVOGADOS DA REGIÃO NORDESTE

Imagem
  Com quase 15 mil advogados inscritos na seccional potiguar da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RN), o Rio Grande do Norte tem um advogado para cada 242 habitantes, a 4ª maior proporção da região Nordeste. O RN fica atrás de Sergipe (1 para 200), Paraíba (205) e Piauí (205). Em números absolutos, um levantamento do Conselho Federal da OAB aponta que o Estado tem 14.695 profissionais ativos, o que é considerado um alto índice, mas não é necessariamente positivo. É o que avalia Aldo Medeiros, presidente da OAB-RN. Apesar do “inchaço” no mercado, Medeiros acredita que o momento pode criar um ambiente de estímulo a qualificação da profissão. Para o advogado a grande quantidade de profissionais atuando no RN é preocupante devido ao cenário econômico de alta inflacionária e desemprego. A pandemia também entra na conta. “Quando esse crescimento de profissionais se encontra com uma má fase da economia gera uma situação preocupante. Com a recessão nos últimos, declínio do turismo e da produç

APÓS 495 DIAS, ESCOLAS PÚBLICAS RETOMAM AULAS PRESENCIAIS NO RIO GRANDE DO NORTE

 


As escolas da rede pública estadual do Rio Grande do Norte retomaram as aulas presenciais na manhã desta segunda-feira (26), 495 dias após a suspensão determinada em decreto por causa da pandemia da Covid-19.

As aulas foram suspensas no estado no dia 18 de março de 2020. Desde então, a rede pública seguia apenas com aulas à distância.

Pela manhã, a Secretaria Estadual de Educação ainda não tinha um levantamento completo sobre quantas escolas e alunos retornaram na primeira etapa do plano de retomada – que previa retorno dos alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio.

Ao todo, o estado tem 586 escolas públicas. A expectativa do governo era de que, dos 229 mil alunos matriculados, 15 a 18 mil voltassem na primeira etapa, mas as unidades registraram poucas presenças.

A direção da Escola Estadual Henrique Castriciano de Souza, em Macaíba, esperava receber cerca de 50 estudantes, mas foram apenas 19 estudantes.

O coordenador Jaisson Lima suspeitava que a baixa quantidade de alunos tinha relação com o transporte escolar. Só um ônibus com três alunos chegou à unidade.

A dona de casa Edna de Souza, que acompanhou o filho à escola, disse que o ônibus atrasou e eles já iam voltar para casa, quando o veículo chegou à comunidade Guarapes.

Na escola Professor Luis Antônio, na Zona Sul de Natal, também houve muitas ausências. O estudante Evertton Costa, de 18 anos, que está na 3ª série do Ensino Fundamental, foi um dos que compareceram logo no primeiro dia e comemorou a volta às aulas presenciais.

“Tive dificuldade de estudar à distância, porque eu gosto muito de tirar as dúvidas com os professores, pergunto muito, e à distância é mais dificil”, relatou.

O professor Isaac Souza, afirmou que estava feliz, por reencontrar os alunos, mas considerou que o retorno é um desafio, já que a pandemia ainda não acabou e ainda há poucos alunos. “Mas é o começo do fim”, disse.

O secretário de educação do estado, Getúlio Marques, considera que das 586 escolas, entre 15 e 20 não devem retomar no primeiro momento, por ainda terem problemas estruturais, que estão sendo trabalhados pelo estado.

Como funciona a volta

Na primeira etapa, ocorre retorno dos alunos do 1º a 5º ano do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio.

Segundo o governo, esse retorno terá apenas um terço dos alunos nas aulas presenciais como medida de prevenção à Covid.

A segunda etapa é prevista para 9 de agosto, com alunos do 6º e 7º ano do ensino fundamental e as turmas da 2ª série do ensino médio.

No dia 23 de agosto, será a vez da terceira etapa, com a volta das turmas do 8º e 9º ano e da 1ª série do ensino médio.

A volta será híbrida e facultativa na rede estadual. Assim, os pais que preferirem que seus filhos não frequentem às escolas neste momento por receio de contaminação, terão o desejo respeitado e poderão seguir com o ensino remoto.

Aulas suspensas há quase 500 dias

As aulas foram suspensas no dia 18 de março de 2020, por causa da pandemia da Covid-19. Mais de 16 meses, depois, apenas as escolas da rede privada e poucas redes municipais tinham retornado às aulas em formato presencial.

As escolas particulares retomaram aulas ainda em setembro de 2020 e seguem com o formato híbrido, com aulas presenciais e online, desde então.

Após a redução na transmissibilidade, na taxa de ocupação de leitos e do início da vacinação dos trabalhadores de educação, o governo chegou a um acordo com a Justiça para dar início ao plano de retomada na rede estadual na última segunda-feira (19).

Na semana passada, as escolas estaduais retomaram o trabalho presencial apenas com professores e demais servidores, com planejamento e reuniões com pais.

G1RN

Notícias mais lidas na semana.

R$ 25 BILHÕES DO PIS/PASEP ESTÃO PARADOS NO BANCO; SAIBA QUEM PODE SACAR

LAGOA D´ANTA (RN): PREFEITO HOMOLOGA LICITAÇÃO SEM TER VALOR NA PUBLICAÇÃO

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/SÃO GONÇALO/PREFEITO: PAULINHO TEM 59,6% DAS INTENÇÕES DE VOTOS CONTRA 26,4% DE POTI NETO