MOVIMENTO NO PORTO DE NATAL CAI 21% NO 1º SEMESTRE DESTE ANO

 


A movimentação de cargas no Porto de Natal apresentou uma queda de 21,23% no primeiro semestre deste ano, se comparado a igual período de 2020. Os dados são da Companhia das Docas do Rio Grande do Norte (Codern), que administra o terminal. Os números indicam que, de janeiro a junho de 2021, foram movimentadas 243.203 toneladas no local, ao passo que, em 2020, foram 308.765 toneladas, no mesmo período. No acumulado do ano passado, o quantitativo de cargas movimentadas no Porto de Natal já havia apresentado redução em relação ao ano de 2019: 8,8% segundo a Codern.

O secretário de Agricultura, Pesca e Pecuária do RN, Guilherme Saldanha, explica que problemas estruturais têm resultado na redução dos números referentes à movimentação no Porto de Natal. Para tentar reverter os prejuízos, ele sugere a criação de um porto seco, que seria construído fora dos limites do terminal. “Em médio prazo, precisamos de um porto seco, que é um espaço isolado por muros e com toda a segurança, para o desembaraço de mercadorias, com atuação da Receita Federal, do Ministério da Agricultura e da Polícia Federal. Todo o serviço burocrático de segurança [desembaraço] seria feito nesse espaço e aí o contêiner já sairia lacrado direto para o Porto. Assim, é possível dar uma agilidade maior para as atividades portuárias em Natal”, sugere.

Tribuna do Norte

Notícias mais lidas na semana.

NOVA CRUZ 102 ANOS: PREFEITO FLAVIO DE BEROI INAUGURA E ENTREGA HOJE REVITALIZAÇÃO DO LARGO DA PREFEITURA NO DIA DA EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO MUNICÍPIO

CAERN FAZ CAMPANHA DE RENEGOCIAÇÃO DE DÉBITOS COM DESCONTOS DE ATÉ 100% SOBRE JUROS E MULTAS

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO