EMPRESA POTIGUAR ABRE CAMINHO PARA REGULAMENTAÇÃO DA CANNABIS MEDICINAL

 


Em tempos de pandemia do Coronavírus, entre as possibilidades de tratamento para combater o vírus, a Cannabis medicinal está entre uma delas. O uso da maconha para fins medicinais ainda é um tema polêmico no Brasil.

Mas, estudos cada vez mais robustos já apontam o canabidol (CBD), um fito canabinoide encontrado na planta, como remédio para várias doenças, além do Covid-19: Alzheimer, Depressão, Insônia, Esquizofrenia, Parkinson, Dor Crônica, Síndrome de Pânico e Insuficiência Cardiovascular.

A substância é regulamentada no Brasil apenas para o tratamento da Epilepsia e Esclerose Múltipla. Legalizada em países como Chile, Itália, Colômbia e Portugal, a Cannabis medicinal está sendo testada no Brasil para o tratamento da chamada Covid Longa. O Instituto do Coração de São Paulo, inclusive, coordena o primeiro estudo clínico no país. A pesquisa de três meses deve envolver 290 pacientes, com diagnóstico de Covid Longa e que apresentam fadiga muscular, insônia, ansiedade, depressão ou alterações cognitivas.

Em matéria publicada pela revista VEJA, o cardiologista do Incor São Paulo, Edimar Bocchi, disse que "é fundamental afastar o efeito farmacológico do canabidiol do recreativo”. Segundo ele, o efeito anti-inflamatório da substância ajuda a controlar a tempestade de citocinas que pode ocorrer em pacientes com Covid e possivelmente atenuar os sintomas persistentes.

Entendendo a importância do uso da Cannabis medicinal, o servidor público Gustavo Brito e um grupo de amigos com propósito em comum criaram a Ello Grupo, uma empresa que presta assessoria e consultoria na área. "Surgimos para potencializar o atendimento à uma crescente demanda de pessoas que enxergam que o uso da Cannabis pode ser explorado em suas múltiplas dimensões, seja como solução para o tratamento de patologias, bem como a sua aplicação na indústria”, explica Gustavo.

“Nossa motivação é enfrentar o paradigma proibitivo da maconha, demonstrando que a Cannabis possui propriedades que trazem benefícios sociais únicos para a cura de várias doenças”. Ello Grupo dá suporte Entre as atividades, o Ello Grupo dá suporte na gestão do processo de obtenção do direito ao cultivo da Cannabis para fins medicinais, presta serviços de assessoria e consultoria na concepção de projetos de produção da Cannabis, de forma a atender todos os requisitos legais, técnicos e empresariais, e presta informações técnicas e especializadas que a atividade requer, de acordo com as necessidades e perfil de cada empreendimento, entre outros.

A empresa tem acesso a uma base de informações seguras e de qualidade, que aborda os aspectos técnicos, científicos, especializados, legais e regulatórios sobre a produção, usos e benefícios da Cannabis medicinal.

Para informação e melhor entendimento do uso da maconha (canabidol) na Medicina, o Ello Grupo lançou um e-book no mercado: 'Cannabis segura e de forma legal'. O livro digital tem como objetivo ampliar o conhecimento sobre a Cannabis e desmistificar o seu uso para o tratamento de doenças, além de orientar sobre todas as etapas do cultivo da planta e sua transformação em produtos prontos para o consumo, principalmente no que se refere à obtenção dos benefícios proporcionados pela planta.

Para mais informações acesse o Instagram: @ello.grupo


Notícias mais lidas na semana.

NOVA CRUZ 102 ANOS: PREFEITO FLAVIO DE BEROI INAUGURA E ENTREGA HOJE REVITALIZAÇÃO DO LARGO DA PREFEITURA NO DIA DA EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DO MUNICÍPIO

CAERN FAZ CAMPANHA DE RENEGOCIAÇÃO DE DÉBITOS COM DESCONTOS DE ATÉ 100% SOBRE JUROS E MULTAS

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO