JOVEM DO RN COM PARALISIA CEREBRAL PINTA QUADROS COM A CABEÇA E SONHA TER CADEIRA MOTORIZADA

 

Ryan Silva, 33 anos. Foto: Reprodução/Razões para Acreditar


A paralisia cerebral não limitou Ryan Silva, 33 anos, de Carnaúba dos Dantas, no Rio Grande do Norte, a se revelar um grande artista de pintura em tela. Apenas com a cabeça e um suporte para a ponteira, ele pinta quadros, expressando as mais belas paisagens do Nordeste. O site Razões para Acreditar promove uma vaquinha para ajudar a comprar uma nova cadeira para o jovem. 

Ryan tem um sonho para tornar sua liberdade ainda maior: ter a sua cadeira motorizada. Atualmente, a que ele usa está velha, com partes quebradas e rodas saindo. 

A vaquinha poderá ajudar a adquirir a cadeira motorizada de Ryan, sob medida, para que ele não sinta mais dores. O modelo terá apoio para a cabeça e servirá de suporte para suas pinturas, já que hoje, ele depende de outras pessoas para deixar o quadro fixado enquanto pinta.

 A cadeira que Ryan usa hoje tem mais de 5 anos (e chegou 8 anos atrasada via SUS), estando muito pequena pra ele, o que o machuca muito. 

Ryan nasceu com paralisia por uma negligência médica. Sua mãe, que estava sozinha na sala de parto, deu à luz e viu o filho cair no chão. Como consequência, houve falta de oxigenação no cérebro, gerando o quadro de paralisia. 

Hoje, Ryan tem os movimentos do corpo limitado, necessita de ajuda para tudo e faz uso de fraldas. Possui também desvio na coluna, o que o leva a ter muitas dores.

 “Irmãe” ajuda no dia a dia

 Atualmente, quem ajuda Ryan é a irmã, Thabatta Pimenta, de 29 anos, a primeira vereadora trans do estado no RN. Ela cuida do Ryan como se fosse seu filho, desde que há 10 anos, o irmão mais velho morreu em seus braços. 

Thabatta luta pela educação inclusiva, acessibilidade e direito às pessoas com deficiência e carrega o Ryan, literalmente, nos braços para todos os lados (praia, cinema, festas) para que ele sempre se sinta parte das atividades do dia a dia. 

Cadeira motorizada dará mais liberdade para Ryan pintar e se locomover 

Com a cadeira sendo sob medida, Ryan não sofrerá mais dores. O modelo que será comprado com a vaquinha tem apoio para a cabeça e servirá de suporte para suas pinturas, já que hoje, ele depende de outras pessoas para deixar o quadro fixado enquanto pinta. 

Ryan começou a pintar há 11 anos na escola e nunca mais parou. É com as pinturas que ele se expressa e se sente livre. Na época, ele usava o pincel na boca e há três anos conseguiu o suporte para que ele usa na cabeça para pintar. 

“A paralisia afetou seus movimentos, mas ele é extremamente inteligente, se expressa, entende tudo. É ele quem nos dá forças. Quando mainha se foi ele disse que ele ia cuidar da gente”, contou Thabatta ao Razões para Acreditar.



Comentários

Notícias mais lidas na semana.

CASAL COM DEFICIÊNCIA VISUAL TERÁ HISTÓRIA DE VIDA CONTADA POR PROGRAMA DA 96 FM NA SEGUNDAFEIRA (20); VEJA VÍDEO

BARCELONA (RN): CATIANO NASCIMENTO DEIXA BASE DO PREFEITO FABIANO LOPES

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO