CRESCE NÚMERO DE ACIDENTES COM MOTOCICLETAS NO RN

Imagem
  Dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RN) apontam que cresceu o número de ocorrências envolvendo motocicletas no Rio Grande do Norte em comparação com o primeiro semestre do ano passado. O levantamento traz dados do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE-RN), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), referentes ao período de janeiro a junho deste ano e comparados com o mesmo período do ano passado. Conforme o levantamento, os registros de acidente de trânsito com vítima envolvendo motocicletas com, pelo menos, uma pessoa, somaram 1.289 casos neste ano. No mesmo período do ano passado, foram 1.282 casos. Esses dados são os registrados no momento das ocorrências e não levam em conta mortes ocorridas em hospitais após o registro do fato. O aumento nos acidentes envolvendo motos coincide com o aumento da frota. Gabriel Santos, de 24 anos, fez parte das estatísticas com acidentes de motos. Em 2020, ele fraturou a mão e teve les

JULGAMENTO QUE PODE CASSAR MANDATO DE VEREADOR DE SÃO JOSÉ DE CAMPESTRE TEM ACUSAÇÃO DE SUPOSTA FRAUDE NA INSTRUÇÃO PROCESSUAL

 

                                                                         Ilustrativa

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, conclui hoje um julgamento intrigante. Trata-se do Recurso Contra Expedição de Diploma nº 0600405-77.2020.6.20.0015 em que o candidato derrotado ao cargo de Vereador no Município de São José de Campestre, Josanildo Soares da Costa, pede a cassação do Mandato do Vereador eleito José Welton Ferreira da Silva, acusando-o de ter omitido da Justiça Eleitoral a condição de ser cunhado do prefeito reeleito, o que o tornaria inelegível para concorrer ao cargo de Vereador.

Para se defender da acusação de inelegibilidade, José Welton arrolou quatro testemunhas, sendo elas a sua suposta ex esposa, a sua suposta atual esposa e mais duas testemunhas.

Em razão da pandemia, os depoimentos foram realizados de forma “on line” e as testemunhas prestaram depoimento na sede do escritório de advocacia que patrocina a defesa de José Welton.

O curioso é que, ao ouvir o depoimento da testemunha Jeová Ferreira de Oliveira percebe-se uma pessoa, oculta à câmera que filmava e captava o som da voz das testemunhas, “soprar” as respostas para Jeová, o que configura fraude gravíssima na instrução do processo.

Conforme áudio constante nos autos, que não está em segredo de Justiça, aos 31’18” da gravação, ao ser questionado como era o nome do irmão de José Welton, uma voz sopra o nome “Sérgio” e em seguida a testemunha responde: “Sérgio”. Aos 32`08”, ao ser questionado acerca do nome da filha de José Welton, a mesma voz sopra “Sabrina” e em seguida a testemunha responde “eu conheço ela como Sabrina”.

A lei processual não permite a interferência de terceiros em depoimentos testemunhais, e tal interferência, em que um terceiro oculto às câmeras, ajuda nas respostas da testemunha, configura grave fraude processual, que enseja a apuração penal dos fatos.

https://drive.google.com/file/d/1Gd0tfOYGFP93dq_RE8THh_ntTxOTnY9V/view?usp=drivesdk


Justiça Potiguar

Notícias mais lidas na semana.

R$ 25 BILHÕES DO PIS/PASEP ESTÃO PARADOS NO BANCO; SAIBA QUEM PODE SACAR

PRESIDENTE DO BANCO CENTRAL DIZ QUE CARTÃO DE CRÉDITO DEIXARÁ DE EXISTIR

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/SÃO GONÇALO/PREFEITO: PAULINHO TEM 59,6% DAS INTENÇÕES DE VOTOS CONTRA 26,4% DE POTI NETO