CRESCE NÚMERO DE ACIDENTES COM MOTOCICLETAS NO RN

Imagem
  Dados do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RN) apontam que cresceu o número de ocorrências envolvendo motocicletas no Rio Grande do Norte em comparação com o primeiro semestre do ano passado. O levantamento traz dados do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE-RN), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU), referentes ao período de janeiro a junho deste ano e comparados com o mesmo período do ano passado. Conforme o levantamento, os registros de acidente de trânsito com vítima envolvendo motocicletas com, pelo menos, uma pessoa, somaram 1.289 casos neste ano. No mesmo período do ano passado, foram 1.282 casos. Esses dados são os registrados no momento das ocorrências e não levam em conta mortes ocorridas em hospitais após o registro do fato. O aumento nos acidentes envolvendo motos coincide com o aumento da frota. Gabriel Santos, de 24 anos, fez parte das estatísticas com acidentes de motos. Em 2020, ele fraturou a mão e teve les

ARRECADAÇÃO DO GOVERNO DO RN COM ICMS SOBRE COMBUSTÍVEIS DISPARA 65% EM UM ANO

 


Com o aumento nos preços dos combustíveis, a arrecadação do Governo do Rio Grande do Norte com ICMS sobre os produtos teve uma alta de 65% em um ano, segundo dados da própria Secretaria Estadual de Tributação (SET) consultados pela reportagem da Portal da 98 FM.

Em agosto deste ano, quando foi publicado o último Boletim Mensal de Atividades Econômicas, o Estado informou ter arrecadado R$ 142 milhões com o imposto sobre combustíveis em um intervalo de apenas 30 dias. Vale ressaltar que nem todo o recurso fica com o Governo do Estado – pelo menos 25% devem ser partilhados com as prefeituras.

O valor arrecadado é 65% maior do que a arrecadação de agosto do ano passado, quando a Tributação Estadual recolheu R$ 86 milhões de ICMS cobrado sobre o setor. Em 2021, até agora, somando o intervalo entre janeiro e agosto, o setor já arrecadou R$ 967 milhões.

Entre os setores com números apresentados no boletim, o de combustíveis foi o que gerou a maior arrecadação de ICMS para o Estado em agosto, à frente de comércio varejista (R$ 126 milhões), comércio atacadista (R$ 120 milhões), energia elétrica (R$ 67 milhões), indústria de transformação (R$ 67 milhões) e comunicações (R$ 25 milhões). Veja a reportagem completa no Portal da 98 FM.

Notícias mais lidas na semana.

R$ 25 BILHÕES DO PIS/PASEP ESTÃO PARADOS NO BANCO; SAIBA QUEM PODE SACAR

PRESIDENTE DO BANCO CENTRAL DIZ QUE CARTÃO DE CRÉDITO DEIXARÁ DE EXISTIR

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%

PESQUISA BG/SETA/SÃO GONÇALO/PREFEITO: PAULINHO TEM 59,6% DAS INTENÇÕES DE VOTOS CONTRA 26,4% DE POTI NETO