GOVERNO BOLSONARO AUTORIZA REPASSE R$ 1,8 MILHÃO PARA ESCOLAS DO RN

 


O Governo Federal autorizou o repasse de R$ 83.436.773,26 a nove estados brasileiros. Os recursos serão repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e são referentes ao Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI). Os valores são alusivos às adesões de 2016 a 2019 ao Programa e ao orçamento de 2021. O RN receberá a quantia total de R$ 1,8 milhão.

O EMTI foi criado pelo Governo Federal em 2016, com o intuito de apoiar os sistemas de ensino público dos estados e do Distrito Federal a oferecer a ampliação da jornada escolar e a formação integral e integrada dos estudantes. Para apoiar a implantação das escolas de ensino médio em tempo integral, o FNDE transferirá recursos financeiros às secretarias estaduais de educação.

Estão aptos a receberem os recursos os estados do Acre, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rondônia e Sergipe, além do Rio Grande do Norte. Os valores recebidos deverão ser utilizados em despesas para a manutenção e o desenvolvimento do ensino nas escolas participantes do Programa. Além disso, esses recursos podem ser utilizados na construção de instalações ou para a aquisição de equipamentos e bens com características de material permanente, ou seja, duráveis e resistentes.

Os valores a serem recebidos por cada estado estão dispostos na Portaria nº 97, de 19 de outubro de 2021. Confira.


Notícias mais lidas na semana.

LAGOA DO BONFIM ATINGE 46% DE SUA CAPACIDADE. A PIOR SITUAÇÃO DOS ÚLTIMOS ANOS

102 ANOS: PROGRAMAÇÃO DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE NOVA CRUZ/RN É DIVULGADA

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO