RN REGISTRA CRESCIMENTO DA PRODUÇÃO DE MEL PELO SEGUNDO ANO SEGUIDO, DIZ IBGE

 


A produção de mel no Rio Grande do Norte teve um crescimento de 25% em 2020. Em 2019, o estado havia produzido 414 toneladas, e chegou a 598 toneladas em 2020.

Esse é o segundo crescimento consecutivo depois de sete anos de quedas sucessivas na produção. Os dados estão na Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM) 2020, divulgada pelo IBGE.

Com 151 toneladas, Apodi lidera de forma isolada a produção entre os municípios potiguares.

Em 2020, o RN registrou a quarta maior produção do Nordeste e a 16ª entre os estados do Brasil. De acordo com o IBGE, o RN já foi o 10º maior produtor de mel do Brasil, em 2009, com 1,1 mil toneladas de mel.

Em agosto, a governadora Fátima Bezerra assinou o decreto que regulamenta a lei que trata da atividade de meliponicultura no Rio Grande do Norte. Os pequenos produtores de mel de abelha nativa, sem ferrão, estão legalmente amparados no estado com o ato.

A expectativa do governo é que a atividade seja alavancada, com incremento qualitativo e quantitativo da produção e consequente ampliação do mercado, principalmente nas regiões Central, Oeste e Mato Grande, onde há uma presença mais maciça da cadeia produtiva do mel. O decreto trata sobre o manejo, produção e comercialização da meliponicultura no estado.

Notícias mais lidas na semana.

FLAVIO DE BEROI E GELSON VITOR, PREFEITO E PRESIDENTE DA CÂMARA DE NOVA CRUZ/RN RESPECTIVAMENTE, DECLARAM APOIO A GARIBALDI FILHO

SUCUPIRA PERDE ! EM AREZ/RN, SECRETÁRIO MUNICIPAL LIBERA ALVARÁ PARA IRMÃO VEREADOR REALIZAR FESTA EM REPARTIÇÃO PÚBLICA, EM MEIO A UM SURTO DE COVID-19 E SÍNDROMES GRIPAIS

REFORMA E AMPLIAÇÃO DE ESCOLA MUNICIPAL EM BOA SAÚDE/RN VAI CUSTAR QUASE R$ 400 MIL

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

PESQUISA BG/CONSULT/BOA SAÚDE/PREFEITO: WELLINGTON TEM 47,25%; E EDICE , 35,5% NA ESTIMULADA

PESQUISA BG/AGORASEI/96FM/GOVERNO REJEIÇÃO: FÁTIMA BEZERRA É A MAIS REJEITADA COM 36,4% , SEGUIDA DE GIRÃO COM 25,1%