VEREADOR DO RN É PRESO EM OPERAÇÃO DO MP

 


O vereador mossoroense Edson Carlos (Cidadania) foi um dos alvos da Operação Rastilho, deflagrada nesta terça-feira (05) para investigar o comércio ilegal de armas de fogo na região Oeste do Rio Grande do Norte. O parlamentar estava entre os alvos de mandados de busca e apreensão concedidos pela Justiça Potiguar e foi preso em flagrante por ter em casa uma arma de fogo não registrada.

De acordo com o Portal Fim da Linha, o parlamentar pagou fiança e foi liberado. Além de Edson, outras três pessoas foram presas em flagrante durante a operação.

A operação conjunta do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e da Polícia Civil, com o apoio da Polícia Militar, resultou na prisão de 11 pessoas nesta terça-feira (5) e foi deflagrada nas cidades de Mossoró, Caraúbas e Paraú.

Ao todo, foram cumpridos sete mandados de prisão preventiva e 12, de busca e apreensão. Um outro mandado de medida restritiva de direitos também foi cumprido.

Foram apreendidos armas de fogo, munições e aparelhos de telefonia celular, que estavam em poder dos suspeitos presos.

Os presos já foram levados para delegacias da região, onde serão autuados antes de serem encaminhados para o sistema prisional potiguar, permanecendo à disposição da justiça criminal.


Comentários

Notícias mais lidas na semana.

MUITA OUSADIA: AO SE PASSAR POR CLIENTE DE UMA LOJA, MULHER FURTA PEÇAS DE ROUPAS EM SANTO ANTÔNIO-RN; VEJA VÍDEOS

EVENTO DO ANO: GRANDE TORNEIO DE SINUCA EM SANTO ANTÔNIO CONTARÁ COM MAIORES JOGADORES DA PB E DO RN; VEJA DATAS

POLÍCIA MILITAR RECUPERA EM NOVA CRUZ MOTOCICLETA TOMADA DE ASSALTO EM GOIANINHA

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO

ESCOLINHA DE FUTEBOL ACADEMIA ESTEVÃO
ESCOLINHA PARCEIRA DO BLOG

Postagens mais visitadas deste blog

JOVEM PASTORA E EMPRESÁRIA NAYARA BEZERRA, FAZ DOAÇÃO DE UMA CASA PRÓPRIA PARA UMA FAMÍLIA EM SANTO ANTÔNIO-RN

PESQUISA BG/SETA/JUCURUTU/PREFEITO: NA ESPONTÂNEA, IOGO TEM 37,2% E VALDIR TEM 20,9%

TUDO EM CASA, EM UMA GRANDE FAMÍLIA: PREFEITO DE PASSAGEM (RN) FAZ FARRA DE NOMEAÇÕES FAMILIARES EM SUA GESTÃO